Poeira na Vila Condé: Via 040 inicia melhorias e culpa acessos irregulares provocam danos ambientais e riscos de acidentes

18

Ontem (22), o site CORREIO DE MINAS postou uma reportagem em que moradores denunciavam o grande volume de carretas de minério, no km 613, na Vila Condé e Avenida Paralela, em Congonhas, são castigados pela poeira 24 horas, além da falta de sinalização, passarela e segurança no local.

Via 040

Moradores da Vila Condé denunciam o grande volume de carretas de minério, no km 613/ DIVULGAÇÃO

Em nota enviada a nossa redação, a Via 040 esclareceu que “está em dia com suas obrigações contratuais com relação à manutenção da rodovia no trecho citado pela reportagem. A empresa destaca que parte dos problemas apontados têm como causa acessos irregulares de terceiros à rodovia, que acabam por carrear poeira e lama na pista.
Desde o início da operação da Via 040, em 2014, a empresa vem empreendendo esforços no sentido de esclarecer junto aos respectivos proprietários de cada acesso, a responsabilidade deles pela regularização dentro das normas aplicáveis. Diante da inércia dos responsáveis pelos acessos, a concessionária, inclusive, ajuizou ações para regularização visando garantir a segurança e a integridade da faixa de domínio.
Mesmo considerando que a causa raiz dos problemas apontados não sejam de responsabilidade da concessionária, a Via 040 está articulando, junto à Prefeitura de Congonhas, a doação de fresa de asfalto a ser utilizada, pelo município, na localidade, como forma de contribuir para a redução da poeira e lama no local. A Concessionária irá, também, reforçar a sinalização vertical, com placas de redução de velocidade, identificação de bairros e de parada de ônibus.
A Via 040 reitera que realiza a manutenção contínua do asfalto, sinalização (placas e pinturas de faixas), e sistema de drenagem, inclusive, com mobilização de esforços extras para minimizar os impactos do transporte de minério na região.”

Leia mais