21 de junho de 2024 16:58

Banco do Brasil se adianta e irá encerrar serviço em 15 de outubro

Saiba até quando utilizar este serviço do Banco do Brasil, que deve ser extinto por todas as instituições financeiras em breve!

O sistema de transferência DOC (Documento de Ordem de Crédito) tem vivenciado um declínio progressivo em sua popularidade com a ascensão do Pix. Isso se deve a uma evolução vertiginosa do Pix, que só em 2022 registrou mais de 24 bilhões de transações.

Com isso, diversos bancos renomados no Brasil estão, gradativamente, desativando esse serviço tradicional. Um desses bancos, o Banco do Brasil, surpreende ao acelerar o processo e anunciar o fim desse serviço já em outubro deste ano.

Antes disso, a Febraban (Federação Brasileira de Bancos) já tinha estipulado uma data limite, 29 de fevereiro de 2024, para a descontinuidade do DOC. Veja mais na matéria.

Confira os prazos para enviar DOCs pelo Banco do Brasil

Fachada Banco do Brasil
Imagem: rafapress / Shutterstock.com

O Banco do Brasil já comunicou seus clientes sobre o encerramento do serviço. De acordo com as informações liberadas, os prazos para enviar e receber DOC vão funcionar da seguinte forma:

  • Pessoa física: Para este grupo, o prazo para envio e agendamento de DOC se estenderá até o dia 15 de outubro de 2023;
  • Pessoa jurídica: Já o grupo de PJs terão até 15 de janeiro de 2024 para enviar e programar seus DOCs;
  • Finalização completa: Como anunciou a Febraban, em 29 de fevereiro de 2024, todos os sistemas de recebimento e processamento do DOC serão encerrados no país.

Como se posicionaram outros instituições famosas?

O cenário no setor bancário é de adaptação ao novo formato digital. O Santander, por exemplo, já encerrou sua função DOC em 31 de agosto. Enquanto isso, o Itaú interrompeu esse serviço para indivíduos em janeiro de 2023.

Já a Caixa Econômica Federal confirmou que cumprirá o prazo da Febraban, encerrando a emissão de DOC em 1º de março de 2024. Além disso, o Bradesco também aderiu ao cronograma proposto pela federação.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

FONTE SEU CREDITO DIGITAL

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade