19 de julho de 2024 21:21

Confira as datas de pagamento do DÉCIMO TERCEIRO e saiba como consultar o calendário

Um dos momentos mais aguardados com a chegada do final do ano é o recebimento do décimo terceiro salário. E, com a divulgação do cronograma de pagamento, os trabalhadores já podem se organizar financeiramente.

Esse benefício é uma conquista dos trabalhadores brasileiros, estabelecida pela Lei 4.090 de 1962. Desde então, tornou-se uma fonte adicional de renda que ajuda a alavancar a economia do país no último trimestre do ano.

Além dos trabalhadores com carteira assinada, os beneficiários do INSS também têm o direito ao décimo terceiro. Isso significa que idosos, pensionistas e pessoas que estão em auxílio-doença, entre outros, podem contar com esse benefício.

O pagamento é feito conforme a tabela divulgada, que varia de acordo com o valor do benefício e o número final do cartão.

Portanto, tendo em vista as particularidades econômicas que o país enfrenta, o décimo terceiro representa uma injeção de ânimo no mercado. Muitos setores, como o comércio, se beneficiam diretamente com o aumento das vendas neste período.

Por isso, é essencial que os trabalhadores estejam cientes das datas de pagamento e façam um planejamento financeiro adequado.

Confira esse texto para saber tudo sobre o pagamento do décimo terceiro de 2023.

Conheça as opções de pagamento do benefício

décimo terceiro
Governo divulga datas de pagamento do décimo terceiro salário. Imagem: Canva.

décimo terceiro salário é um direito de muitos trabalhadores, e a sua liberação pode ocorrer de diferentes maneiras. Seu pagamento pode ser realizado de duas maneiras distintas:

Pagamento fracionado em duas vezes:

  • Primeira Parcela – Até 30 de novembro: esta parcela é paga ao trabalhador sem qualquer desconto, ou seja, é o valor bruto do benefício;
  • Segunda Parcela – Até 20 de dezembro: na segunda parte do pagamento, são realizados os descontos relativos ao Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) e as contribuições ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Pagamento em parcela única:

  • Junto às férias: Se o trabalhador optar por receber o décimo terceiro junto com suas férias, é importante fazer essa solicitação com antecedência para as devidas providências;
  • Parcela integral até 30 de novembro: se preferir, o empregado pode optar por receber todo o valor de uma única vez até o final de novembro.

É importante que os trabalhadores estejam atentos às datas e às modalidades de pagamento, garantindo assim o recebimento correto desse benefício.

Além disso, é sempre válido consultar o departamento de recursos humanos em seu local de trabalho para mais informações ou esclarecimentos sobre o tema.

No que diz respeito aos aposentados e pensionistas do INSS, o desembolso dos pagamentos do décimo terceiro segue um cronograma estabelecido pela própria instituição.

Para eles, os depósitos são realizados de acordo com o último dígito do NIS. Inicialmente, os beneficiários que recebem até um salário mínimo têm seus pagamentos efetuados. Em seguida, é a vez dos que recebem valores superiores a essa faixa de renda.

Isso garante uma organização eficiente e justa na distribuição dos recursos. Além de atender às necessidades específicas de cada grupo de beneficiários para o pagamento do décimo terceiro.

Qual o valor e como é calculado o décimo terceiro?

décimo terceiro salário não é um valor fixo que corresponde exatamente ao salário que o trabalhador recebe todos os meses. Em vez disso, ele é calculado de forma proporcional ao período em que o empregado trabalhou durante o ano.

Para entender melhor, o cálculo é feito da seguinte maneira:

  • Divide-se a remuneração completa do trabalhador por 12 (os meses do ano) e, em seguida, multiplica-se o resultado pelo total de meses efetivamente trabalhados.

Vamos usar de exemplo um trabalhador recebe um salário de R$ 1.320 e que começou a trabalhar em junho de 2023. O valor será R$ 1.320 divido por 12, o resultado é R$ 110.

Esse valor deve então ser multiplicado pelos 6 meses trabalhados. O funcionário receberá então R$ 660 de décimo terceiro.

Porém, não é apenas o salário base que entra para essa conta. Outros elementos que fazem parte da remuneração também são considerados.

Entre eles estão horas extras, adicionais – como noturno, de insalubridade e de periculosidade – e comissões. Todos esses valores, quando aplicáveis, são incorporados ao cálculo, conforme esclarece o Tribunal Superior do Trabalho.

Por fim, não se esqueça de planejar com antecedência. Isso pode fazer toda a diferença na hora de aproveitar o seu décimo terceiro salário!

FONTE NOTÍCIAS CONCURSOS

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade