13 de julho de 2024 16:12

Outro eclipse vai acontecer em outubro; saiba tudo

Eclipse parcial da Lua vai acontecer no dia 28 de outubro e terá baixa intensidade; saiba se será visível do Brasil

Depois do eclipse solar do último sábado (14), que contou com transmissão e imagens exclusivas do Olhar Digital, o mês de outubro ainda vai contar com outro fenômeno, dessa vez um eclipse lunar, no dia 28. Entretanto, para o nosso azar, ele praticamente não será visível no Brasil.

O que você precisa saber? 

  • Após o eclipse solar anular, um outro evento vai ocorrer em outubro;
  • O eclipse parcial da Lua;
  • Entretanto, o fenômeno será de baixa intensidade;
  • Dessa forma, pode ser difícil perceber alguma diferença de tonalidade da Lua.

O quarto e último eclipse de 2023 será lunar parcial. As regiões de possível visibilidade abrangem o leste da América do Norte, uma pequena porção do nordeste da América do Sul, Europa, África, Ásia e partes da Austrália. 

De acordo com o guia astronômico InTheSky.org, a ocorrência do eclipse se dará aproximadamente entre 16h30 e 17h50. Use o aplicativo Sky Tonight para encontrar a localização do eclipse no céu acima de você.

Mapa de visibilidade do eclipse lunar parcial de 28 de outubro de 2023. 

Eclipse parcial da Lua

Um eclipse lunar ocorre quando Sol, Terra e Lua estão alinhados no espaço. Nesse momento, a Lua passa pela sombra da Terra e por isso tem sua superfície, ou parte dela, escurecida por essa sombra.

Neste caso, o eclipse será parcial e no máximo 6% da superfície da Lua estará coberta pela umbra da Terra. Isso significa que apenas uma pequena porção da Lua estará em completa escuridão durante este eclipse lunar parcial.

O evento será visível a olho nu em, durante sua duração, uma parte da Lua vai estar escurecida, como se ela estivesse sendo “mordida”. No entanto, isso vai depender se você vai estar em uma área onde o evento será observável.

Aqui no Brasil, o fenômeno será quase que totalmente penumbral. Durante um eclipse penumbral, a Lua pode parecer menos clara do que o normal, com uma tonalidade acinzentada ou avermelhada, mas a mudança não é significativa quanto um eclipse total ou parcial. Eclipses penumbrais geralmente são mais difíceis de observar porque a mudança na aparência da Lua não é tão marcante.

FONTE OLHAR DIGITAL

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade