22 de junho de 2024 19:54

IPVA MG 2024: segunda parcela começa a vencer hoje; veja a escala

A segunda parcela do IPVA 2024 em Minas Gerais começa a vencer hoje para os carros com final de placa 1 e 2. A escala se encerra na sexta-feira (23/2) para os finais 9 e 0

Quem optou por pagar parcelado o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em Minas Gerais deve ficar atento: a escala para o pagamento da segunda parcela do imposto começa hoje (19/2) para os finais de placa 1 e 2. A escala se encerra na sexta-feira (23/2) para os finais 9 e 0 (confira abaixo a escala completa).

De acordo com o balanço parcial do IPVA 2024 de Minas Gerais, até o dia 31/1 foram arrecadados R$ 4,9 bilhões com o imposto. Ao todo, a previsão de arrecadação é de R$ 10,9 bilhões. Dessa forma, até o final de janeiro já foram arrecadados 44,9% do previsto.

O dinheiro arrecadado com o IPVA em Minas Gerais é destinado da seguinte forma 40% ao Tesouro Estadual, 40% aos municípios de emplacamento dos veículos e 20% ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb). Os repasses às prefeituras são feitos diariamente pelo Estado.

Como realizar o pagamento do IPVA MG 2024?

O pagamento do IPVA 2024 em Minas Gerais pode ser efetuado diretamente nos terminais de autoatendimento ou nos guichês dos agentes arrecadadores autorizados. São eles: Bradesco, Sicoob, Mercantil do Brasil, Caixa Econômica Federal, Mais BB, Santander e Itaú – Banco do Brasil e Itaú aceitam quitação apenas de correntistas.

Para realizar o pagamento basta informar o número do Renavam do veículo. Já para quitar a taxa em casas lotéricas é necessário apresentar o Documento de Arrecadação Estadual (DAE). O documento deve ser emitido, exclusivamente, no site da Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF/MG).

O IPVA MG 2024 também pode ser pago via Pix. Para isso, o contribuinte deve ter conta em qualquer instituição financeira ou banco digital – chamadas de fintechs. Para gerar o QR Code, basta acessar o site da SEF/MG e, na área do IPVA, escolher a opção “Emissão da Guia do IPVA”.

Fique atento ao realizar o pagamento do imposto via Pix: o beneficiado da operação sempre será o Estado de Minas Gerais (CNPJ: 18.715615/0001-60). A instituição que emite o QR Code também sempre será a mesma, o Banco Itaú.

O que acontece se não pagar o IPVA?

O não pagamento do imposto ou a quitação fora do prazo gera multa de 0,3% ao dia até o 30° dia. Multa de 20% após o 30° dia, além de juros calculados pela Taxa Selic.

Leônidas Marques, superintendente de Arrecadação e Informações Fiscais da SEF/MG, lembra que o contribuinte que deixou de pagar a primeira parcela do IPVA pode efetuar a quitação com a segunda parcela.

É importante lembrar que, sobre o débito vencido, será acrescido dos encargos, que são calculados automaticamente no ato do pagamento nos agentes arrecadadores ou da emissão da guia no site da secretaria.

FONTE VRUM NOTÍCIAS

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade