13 de junho de 2024 13:17

Após ser reaberta por moradores, passagem é fechada pela Via 040

Uma equipe da Via 040, concessionária que administra o trecho da BR-040, realizou o fechamento de uma passagem localizada próximo ao trevo Sul de Santos Dumont (MG). O local foi reaberto de forma irregular na última semana pelos moradores do Bairro São Sebastião.

O trecho em específico havia sido interditado em 2019 pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e pela Via 040, com a justificativa de não seguir as normas exigidas pela Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT).

Segundo os populares, a medida de reabrir a passagem foi tomada pela comunidade após diversos motoristas enfrentarem problemas para entrar e sair da região com segurança, visto que, para acessar o Centro da cidade e outros bairros, os moradores têm que obrigatoriamente cruzar a rodovia.

“Desde essa época nós estamos lutando para abrir isso aqui, porque nós não temos saída. Eu acho que está faltando um pouco de compreensão do pessoal, pois eles estão levando a gente a cometer um erro”, disse o morador Laerte Martins da Silva.

Fiscalização detectou que trecho foi reaberto

Conforme a Via 040, durante uma das rondas de fiscalização da rodovia, uma equipe da concessionária detectou que o acesso interditado havia sido reaberto e que os moradores transitavam com os veículos pelo trevo de forma irregular.

Nesta quarta, a Via se deslocou até a localidade para fechar a passagem, mas enfrentou uma resistência dos moradores que queriam a permanência do trecho aberto. Com isso, a concessionária requisitou a presença da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para que o serviço pudesse ser realizado de forma segura.

Com a chegada da PRF, os moradores explicaram o motivo de terem reaberto o acesso. Contudo, os policiais os orientaram a procurar um órgão responsável para que as reivindicações fossem feitas de forma legal. 

Na sequência, a equipe da concessionária conseguiu reinstalar as defensas metálicas que haviam sido retiradas pelos moradores, deixando apenas uma pequena abertura para a passagem de pedestres pelo trecho. 

Os moradores informaram à reportagem que, após as orientações recebidas, irão enviar um ofício com as reivindicações da comunidade para Via e também para o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). (Portal 14Bis)

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade