25 de julho de 2024 01:28

Auxílio Brasil: valor do benefício pode subir para R$ 600; entenda

Atualmente, o benefício assegurado é de R$ 400 mensais por família

O Auxílio Brasil é um programa destinado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país. Além de garantir uma renda básica aos beneficiários, o governo busca estimular a emancipação dessas famílias para que alcancem autonomia e superem situações de vulnerabilidade social. Atualmente, o valor médio mensal do benefício é de R$ 400. A boa notícia é que essa quantia pode aumentar em breve e o Auxílio Brasil chegar a R$ 600.

Isto porque, em 2023, o programa pode ser reformulado. É o que pretende um dos pré-candidatos à Presidência da República a partir de janeiro do próximo ano. Uma de suas propostas é elevar o valor do benefício para R$ 600, caso seja eleito.

Para o pré-candidato, apenas a concessão da mensalidade não é suficiente para auxiliar os mais pobres. Segundo ele, é preciso fornecer condições para que o público se integre ao mercado de trabalho e consiga se tornar independente.

“Tô vendo agora o Bolsonaro dizendo que vai dar auxílio emergencial de R$ 400 que vai durar até o final do ano que vem. Tem muita gente dizendo que não podemos aceitar, é auxílio emergencial eleitoral. Não, eu não penso assim. Penso que faz mais de 5 meses que o PT pediu um auxílio de R$ 600. Aliás, o PT pediu e mandou uma proposta para a Câmara dos Deputados de um novo Bolsa Família de R$ 600. O que queremos é que o Bolsonaro dê um auxílio emergencial de R$ 600. ‘Ah, ele vai tirar proveito disso’, é problema dele. Se alguém acha que vai ganhar o povo porque vai dar salário emergencial de R$ 600, paciência. Eu acho que o povo merece os R$ 600 e ele tem que dar, não tem que ficar inventando, e nós reivindicamos isso. Não podemos querer que o povo continue na miséria por causa das eleições de 2022″, afirmou, recentemente, em entrevistas e nas redes sociais.

Auxílio Brasil pode chegar a R$ 600. Quem tem direito?

  • Famílias em situação de extrema pobreza;
  • Famílias em situação de pobreza;
  • Famílias em regra de emancipação.

As famílias em situação de extrema pobreza são aquelas que possuem renda familiar mensal per capita de até R$ 105,00, e as em situação de pobreza renda familiar mensal per capita entre R$ 105,01 e R$ 210,00.

Como receber os valores?

Os benefícios poderão ser pagos por meio das contas:

  •  Poupança Social Digital;
  •  Conta Corrente de Depósito à vista;
  •  Conta Especial de Depósito à vista;
  •  Conta Contábil (plataforma social do Programa).

O crédito dos benefícios financeiros será realizado na conta contábil apenas quando: o beneficiário não possuir nenhuma das outras modalidades de contas bancárias; no caso de, mesmo possuindo, optar por receber o crédito por meio da conta contábil; ou quando o crédito não for realizado por impedimentos técnicos, operacionais ou normativos, como bloqueio, suspensão inativação ou encerramento das contas.

A abertura da conta poupança social digital para os pagamentos dos benefícios do Auxílio Brasil poderá ocorrer de forma automática, em nome do Responsável Familiar inscrito no Cadastro Único. A família poderá sacar os benefícios do Auxílio Brasil com o Cartão Bolsa Família.

Caso o titular da conta contábil esteja impedido de sacar o benefício, será permitido o pagamento ao portador de declaração da gestão municipal ou distrital, com poderes específicos para o seu recebimento.

FONTE GC MAIS

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade