24 de abril de 2024 19:59

As 7 profissões mais fáceis de conseguir emprego no Brasil

Se você está pensando em entrar no mercado de trabalho, conheça o ranking das profissões com ampla oferta de oportunidades no país.

Dentro do mercado de trabalho, existem alguns setores que possuem mais facilidade de recolocação do que outros. Geralmente são aqueles em que a atuação é muito ampla, necessária ou essencial no universo empresarial, que pontuam os menores índices de desemprego e são consideradas estáveis.

Selecionamos para você as sete profissões mais fáceis para se arrumar emprego. Confira:

7° Lugar: Vendedor

Um dos cargos mais comuns de todo mercado é, sem dúvida, o de vendedor. Praticamente todos os setores do mercado precisam de pessoas que vendam um produto, um serviço ou uma ideia.

Para ser um bom no ramo, é necessário possuir a capacidade de se comunicar com vários públicos e ter um alto poder de convencimento. O interessante desta categoria é que não é necessário ter um curso superior ou formação específica. Em alguns casos, nem mesmo experiência. Contudo, para conseguir comissões maiores, é preciso se dedicar para aprender e melhorar as habilidades e competências.

6° Lugar: Enfermagem

Diferentemente da posição anterior, o profissional da área de enfermagem necessita de formação específica para atuar no setor. Depois de capacitado, seja técnico, enfermeiro ou auxiliar, há uma ampla opção de oportunidades em diversos lugares e regiões, justamente por ser uma área essencial para a vida humana.

O setor de enfermagem lida com desafios diários, responsabilidades altíssimas e um alto nível de proficiência. Mas, pode acreditar, emprego não vai faltar.

5° Lugar: Técnico em logística

O cargo de técnico em logística está voltado normalmente para indústrias e empresas ligadas ao comércio eletrônico e à prestação de serviços. São milhares de vagas, e o setor com o rápido avanço da tecnologia está em constante ascensão no país.

Para entrar nessa área é necessário, primeiro, passar por algumas etapas. O cargo normalmente é oferecido a profissionais que possuem experiência e que acumulem um tempo maior de permanência na empresa, pois, para trabalhar com logística, é preciso conhecer a companhia como a palma da mão.

4° Lugar: Corretor de imóveis

Muito parecida com a profissão de vendedor, os corretores de imóveis necessitam de dedicação, comunicação persuasiva e muita negociação, mas o ponto chave para ganhar destaque na área é acumular uma extensa lista de contatos profissionais.

As generosas comissões atraem muitas pessoas para buscar emprego em várias imobiliárias por todo o Brasil. Com uma boa qualificação e indicação, as imobiliárias vão brigar para ter você na equipe.

3° Lugar: Técnico de TI

Todos os dias surgem anúncios de oportunidades para técnicos de TI, seja de empresas nacionais e internacionais, o setor é carente de profissionais qualificados. Não é realmente a profissão mais fácil do mundo de adquirir formação, já que os conhecimentos nessa área envolvem habilidades no desenvolvimento de softwares, aplicativos e na criação de infraestruturas digitais para as organizações.

Contudo, depois de qualificado, você terá um leque de oportunidades para atuar dentro e fora do país, com uma ótima remuneração mensal.

2° Lugar: Médico

Essa posição se inicia com uma pergunta que justifica a colocação: Você conhece algum médico desempregado? Pois é, salva as exceções, é provável que a resposta seja “não”. Sem dúvida, esta é uma das profissões com melhor garantia de atuação no mercado, inclusive já dentro do curso de graduação.

Hospitais, laboratórios, clínicas, centros de saúde, indústrias, casas de apoio e até órgãos públicos (como o INSS, por exemplo), buscam contratar médicos das mais variadas especialidades. Você só precisa estar disposto a estudar e se dedicar bastante.

1° Lugar: Motorista

Muito mais acessível que a posição anterior, para trabalhar como motorista, basta possuir uma CNH na categoria indicada para atuação. Motoristas possuem uma rotina mais dinâmica e fluida, e o mercado sempre oferece oportunidades para o setor.

Sem uma obrigatoriedade de formação acadêmica ou experiência, a pessoa que adquiriu CNH na categoria B pode se tornar motorista entregador ou de aplicativo. Já para os habilitados nas categorias C, D ou E, existem diversas empresas que contratam motoristas de caminhão, ônibus e carreta, por exemplo.

Conta pra gente qual delas combina mais com você ou se consegue elencar outra que também poderia fazer parte do ranking!

FONTE CAPITALIST

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade