22 de junho de 2024 17:14

Ex-detento mata advogado após descobrir caso dele com sua esposa

O advogado criminalista Charlesman da Costa Silvano, de 37 anos, foi morto com sete tiros na manhã deste sábado (12), em Alexânia (GO). Segundo a polícia, suspeito do crime era cliente da vítima e teria descoberto que a esposa o traiu com o profissional no período em que ele estava preso. 

Conforme o boletim de ocorrência da Polícia Civil de Goiás, Charlesman defendia o suspeito, que estava preso em 2019, em vários processos na Justiça, entre eles de tráfico de droga.

Segundo a esposa do cliente, o homem sempre sentiu ciúmes do advogado criminalista e noite de sexta-feira (11), durante uma discussão, revelou ao companheiro que teve um caso amoroso com o advogado. 

Transtornado após a revelação, o homem passou a noite usando drogas e, na manhã de sábado (12), marcou um encontro com o advogado no Setor Clube Nova Flórida. Assim que Charlesman chegou ao local, foi baleado várias vezes pelo cliente que fugiu. Horas após o crime, o suspeito foi preso.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, a troca de mensagens em um aplicativo entre o criminalista e o ex-detento levou a polícia a suspeitar sobre a autoria do assassinato.  Além disso, uma testemunha também viu um homem com roupas e características do suspeito efetuando dos disparos

Luto

A prefeitura de Alexânia decretou luto oficial de três dias e informou que a 2º Corrida dos Pais, que aconteceria neste domingo (13), em comemoração ao Dia dos Pais, foi cancelada em razão da morte do advogado. 

Por meio de nota, a Ordem dos advogados do Brasil (OAB) disse que ‘é inaceitável que, um dia após o 11 de agosto, data em que se comemora a essencialidade da advocacia para o sistema social e de Justiça, mais um colega tenha sido vítima de um crime bárbaro e carregado de extrema violência”, diz em trecho.

A ordem ressaltou ainda que todas as instâncias competentes foram acionadas para solicitar providências e espera a punição dos culpados. 

A OAB Goiás repudiou o atentado ocorrido em Alexânia e se solidarizou com a família.

Nota OAB Goiás

“É com extrema consternação que a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) manifesta seu repúdio e inconformismo pelo atentado que vitimou o advogado Charlesman da Costa Silvano, ocorrido na cidade de Alexânia, neste sábado (12 de agosto).

Ao mesmo tempo em que se solidariza com a família enlutada do colega, a Seccional Goiana, juntamente com a Comissão de Direito e Prerrogativas, e a Subseção de Alexânia informa à advocacia e à sociedade que comunicou a Secretaria de Segurança Pública, a Diretoria-Geral da Polícia Civil de Goiás e o Comando Geral da Polícia Militar de Goiás a respeito do crime e cobra o máximo de empenho e celeridade para os esclarecimentos necessários.

Neste momento, a OAB-GO roga que Deus receba Charlesman em sua infinita Glória e manifesta sentidas condolências aos familiares e amigos.”

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade