26 de maio de 2024 05:30

Duet AI no Google: o que é e como usar a inteligência artificial

A IA generativa do Google, Duet AI, pode auxiliar profissionais na construção de aplicações no Google Cloud e de projetos em qualquer recurso do Google Workspace; veja como usar

O Duet AI é uma ferramenta de inteligência artificial criada pelo Google, que funciona como uma assistente nas aplicações das ferramentas Google Cloud e Google Workspace. Voltado para o uso empresarial, o recurso pode auxiliar o usuário em tarefas simples, como escrever um e-mail e organizar a rotina de trabalho, e deve facilitar produção de documentos e tarefas. O Duet AI já está disponível para todos os usuários do Workspace, mas, para o Cloud, está em período de preview.

Concorrente do Microsoft 365 Copilot, o DuetAI promete ser mais versátil, já que tem disponibilidade online. Além disso, um grande diferencial do Duet AI em relação a outras inteligências artificiais, como o ChatGPT, é que, de acordo com o Google ela não retém dados. Sendo assim, nenhum código ou comando será utilizado para treinar a ferramenta. A seguir, confira o guia completo do TechTudo e saiba como usar o Duet AI para facilitar suas tarefas no trabalho.

O que é o Duet AI?

O Duet AI é uma inteligência artificial generativa criada pelo Google. A ferramenta foi feita para auxiliar os profissionais de empresas que usam o sistema Google Workspace a ter maior produtividade e, por isso, é compatível com todos os recursos dessa plataforma. O recurso também pode ser usado no armazenamento em nuvem Google Cloud. O recurso foi lançado em maio de 2023, durante o evento Google I/O, e promete otimizar o dia a dia.

Para que serve o Duet AI?

No Google Cloud, o Duet AI é voltado para desenvolvedores e engenheiros de dados. O recurso tem suporte para mais de 20 linguagens de programação e pode ser usado para completar ou gerar códigos a partir de comandos do usuário. Um dos diferenciais da ferramenta é a inclusão das fontes usadas.

Quando a IA fornecer uma citação direta em resposta a algum prompt ou como forma de sugestão, o usuário saberá sua autoria. Além disso, o Google garante que nenhuma informação usada pela plataforma será armazenado, garantindo a segurança e a privacidade dos dados manejados pelo desenvolvedor.

Já no Google Workspace, o Duet AI pode ser usado por qualquer profissional que utilize as ferramentas Google Docs, Google Planilhas, Google Slides, Google Meet e Gmail no seu dia a dia. Com o uso da IA, é possível ter ajuda para escrever e-mails ou documentos, gerar imagens a partir de prompts para ilustrar apresentações de slide, organizar e analisar dados em uma planilha e até mesmo para resumir reuniões.

O Duet AI é capaz de gerar imagens através de comandos textuais no Google Slides — Foto: Divulgação/Google Workspace Blog
O Duet AI é capaz de gerar imagens através de comandos textuais no Google Slides — Foto: Divulgação/Google Workspace Blog

Quem pode usar o Duet Ai?

A ferramenta está liberada para uso por qualquer profissional cuja empresa faça uso do Google Workspace. Já no Google Cloud, embora ainda não esteja disponível para uso geral, qualquer usuário Cloud programador pode fazer uso da IA. Apesar disso, mesmo que algumas dessas ferramentas utilizam noções de programação, não há necessidade de conhecimento profundo de Machine Learning ou IA para utilizar a assistente na aplicação.

Sendo assim, qualquer usuário dessas ferramentas que possam se beneficiar dos recursos do Duet AI, ou sintam a necessidade de otimizar a rotina, podem utilizar a ferramenta.

Exemplos práticos de usos

Desde o trabalho home office até a rotina de estudantes, o Duet.AI possui muitas funcionalidades que podem beneficiar o usuário, uma delas é o “Assistir por Mim”. Através da assistente, será possível “substituir” o usuário em uma reunião. A inteligência artificial irá participar do evento e fazer um resumo de todo os pontos trabalhados. Confira outros exemplos de uso:

No Google Cloud:

  • Otimizar a produção de aplicações, simplificando a jornada de desenvolvimento;
  • Encontrar e corrigir erros na estrutura do código;
  • Tirar dúvidas sobre os recursos da ferramenta e próximos passos;
  • Realizar análises de segurança, encontrar perigos e solicitar recomendações.

No Google Workspace:

  • Escrever e otimizar e-mails, documentos, apresentações e outros;
  • Criar roteiros e planejamento de apresentações;
  • Adicionar fotos nas apresentações utilizando comando de textos;
  • Organizar, analisar e gerar ações nas planilhas;
  • Traduzir legendas, gerar fundos de telas personalizados e resumir reuniões.

O Duet AI é pago?

Qualquer usuário do Google Workspace pode usar a ferramenta gratuitamente, mas empresas de grande porte devem pagar US$ 30 por mês por usuário (cerca de R$ 149). Este é o mesmo valor do Copilot, a inteligência artificial da Microsoft, que funciona com os recursos do Office. Quanto ao Cloud, ainda não há precificação, visto que a aplicação está em preview.

Como usar o Duet AI?

Para ativar o Duet AI no Google Workspace, basta acessar o Admin Console com uma conta de administrador. Em seguida, acesse “Billing” e “Google Workspace add-ons” para iniciar o teste gratuito do Duet AI. Para finalizar, basta selecionar os usuários que irão utilizar a ferramenta.

Já no Google Cloud, será necessário aplicar para acessar a ferramenta, visto que ela está em fase de testes. Para isso, preencha o formulário de “Early Access” na página do Duet AI para Google Cloud. (https://cloud.google.com/earlyaccess/duet-ai?hl=en). Os usuários aceitos receberão um e-mail com as instruções de acesso.

Formulário de cadastro para teste do Duet AI no Google Cloud — Foto: Reprodução/Millena Borges
Formulário de cadastro para teste do Duet AI no Google Cloud — Foto: Reprodução/Millena Borges

Com informações de Google Cloud, Google Workspace, Android Police, Digital Inspiration e The Verge

FONTE TECH TUDO

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade