20 de abril de 2024 16:07

Polícia interrompe rinha de galo e prende mais de 20 pessoas

Na tarde de domingo (8), a equipe da Polícia Militar do Meio Ambiente e equipes do 14° Batalhão da Polícia Militar interromperam uma rinha de galo no bairro Industrial, em Santana do Paraíso. Vinte e três encontradas do crime ambiental foram presas.  De acordo com informações da polícia, uma denúncia anônima de que no local ocorria uma rinha de galos foi feita antes da ação dos militares. 

Ao chegarem no local, os PMs verificaram que se tratava de uma construção em andamento, sendo que havia grande quantidade de veículos próximo ao endereço. Diante do cenário, iniciaram a abordagem ao imóvel e confirmaram o teor da denúncia. No momento, a rinha de galo estava em andamento. 

No lugar, os policiais encontraram uma arena de combate montada, bico de aço, espora de fibra para ampliar os danos durante confronto, balança para separar por categoria, emparelhador (medir altura e verificar a categoria) e medicação para tratamento após as brigas. 

Foram presos 23 autores que participavam do evento. Entre eles, estaria um homem que levou seu filho, de apenas 6 anos de idade, para acompanhar a rinha. 

Foram apreendidos 34 galos vivos, entre machucados e sadios. Eles serão encaminhados ao projeto de ressocialização e reintrodução de galos combatentes em seus habitats, da universidade de Formiga-MG. Foi encontrado ainda um galo morto, após ter participado da rinha.  Todos os presos, juntamente com material apreendido, foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Ipatinga. 

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade