24 de abril de 2024 20:11

Os Sons do Brasil encerra edição 2023 no embalo da Orquestra Imperial, Mart’nália, Vitor Araújo, Lô Borges e outros grandes nomes

Festival que celebra a música instrumental brasileira já promoveu encontros entre mais de 60 artistas ao longo do ano e emocionou dezenas de milhares de pessoas em BH e Ouro Preto com programação gratuita

Entre os dias 16 e 19 de novembro acontece a rodada de encerramento da primeira edição do Festival Já Raiou a Liberdade – Os Sons do Brasil. Desde o primeiro semestre de 2023, o projeto tem levado boa música e promovido encontros inéditos entre grandes artistas da cena musical brasileira, novos talentos e mais de 30 mil pessoas. Misturando ritmos e instrumentos, os Sons do Brasil celebrou não somente a diversidade musical brasileira, mas também a solidariedade – com a arrecadação e doação de cerca de 6 toneladas de alimentos -, a alegria e os novos sons que nascem dessa mistura genuína do país.

Pelos palcos do Festival já passaram grandes nomes como Chico César, BNegão, Hamilton de Holanda, Mestrinho, Zé Ibarra, Tim Bernardes, Anastácia e Alaíde, neste mês se destaca na programação a apresentação da Orquestra Imperial, com Moreno Veloso, Nina Becker e Matheus VK nos vocais, o renomado pianista Vitor Araújo, a participação de Mart’nália no show do músico Luiz Otávio e o Concerto Especial que reúne Lô Borges, Do Contra e Orquestra. Os eventos deste mês acontecem em Belo Horizonte no Circuito Liberdade – no Palácio das Artes e no MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal – e, em Ouro Preto, no Museu Boulieu.

O Festival Os Sons do Brasil é uma realização da Bento Produção Cultural, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, Governo Federal, Brasil: União e Reconstrução, com o patrocínio master do Instituto Cultural Vale e patrocínio da Gerdau, Cedro Mineração e Ferro Puro Mineração (empresa do Grupo Avante), com correalização da Fundação Clóvis Salgado e parceria com o Museu Boulieu, Memorial Minas Gerais Vale e MM Gerdau.

“É muito gratificante ver que a nossa proposta de celebrar os Sons do Brasil em sua diversidade foi se tornando realidade em cada uma das rodadas de apresentações. Estou muito feliz em encerrar a primeira edição do nosso Festival com presença de diversos artistas, ritmos e identidades. Estamos vibrando com esses encontros e com tudo que já aconteceu ao longo deste ano”, afirma a idealizadora do Sons do Brasil, Fernanda Bento.

Os palcos do Sons em novembro

Na Capital

Belo Horizonte abre a programação do mês no MM Gerdau, na quinta-feira, dia 16, com o encontro de Gabriel Grossi, um dos melhores Harmonicistas do país, e Vanessa Moreno, grande revelação da música brasileira contemporânea.

A programação segue no Palácio das Artes na sexta e no sábado. A Sala Juvenal Dias será o palco para a apresentação da sambista Elisa Gudin e do arranjador Thiago Amud, no dia 17, e para o pianista Vitor Araújo, no dia 18.

Também no sábado, mas no Grande Teatro Cemig Palácio das Artes, acontece o Concerto Especial que reúne Orquestra, o grupo Do Contra e Lô Borges em uma jornada musical que abrange sucessos do Clube da Esquina, clássicos da música brasileira e composições originais de Lô Borges numa fusão de estilos e gêneros musicais que é a cara do Sons do Brasil.

Em Vila Rica

Em Ouro Preto, a programação começa na sexta-feira, dia 17, com a presença marcante de Matheus VK, referência do carnaval carioca com seus figurinos marcantes e apresentações performáticas, e encerra com mais uma apresentação de Gabriel Grossi e Vanessa Moreno, no Sons do Brasil.

No sábado, 18, Elisa Gudin & Thiago Amud abrem a programação do dia. Em seguida a Orquestra Imperial chega para fazer um baile super animado no Museu Boulieu. A Big Band, que acabou de completar 21 anos, promete romantismo, alegria e irreverência nesta apresentação com Moreno Veloso, Nina Becker e Matheus VK nos vocais, além da participação especial de Tamara Franklin.

Neste mesmo dia, ainda se apresenta no palco do Sons do Brasil Julliano Mendes, com o projeto “Literatura pra Dançar” e encerrando a noite, AYÊ e Nath Rodrigues, fazem um Tributo ao mestre Djalma Correa.

E a celebração continua no domingo, 19. Neste dia, o compositor e multi-instrumentista, Antônio Loreiro, convida Tatiana Parra para um potente encontro musical. A programação do Festival encerra com o show do pianista Luiz Otávio e participação especial de Mart’nália, cantora, compositora, percussionista, instrumentista e atriz brasileira.

Entre as atrações, em Ouro Preto, o DJ Pátrida comanda o som.

Trupe Sons do Brasil

A Trupe Sons do Brasil, iniciativa social do Festival Já Raiou a Liberdade – Os Sons do Brasil, segue em itinerância em novembro com um espetáculo cênico musical que está percorrendo escolas e centros comunitários dos distritos dos municípios de Ouro Preto, Belo Horizonte e região. O espetáculo que conta com atores, atrizes e músicos multi-instrumentistas percorre a história da música brasileira e seus gêneros, passando por diversos estilos e expressões musicais, desde a música dos povos originários, passando pelos cânticos sacros dos missionários jesuítas, o chorinho, o samba, o frevo, o funk até o Hip Hop.

A Trupe Sons do Brasil já fez a alegria de centenas de crianças e adolescentes durante o mês outubro, período dedicados aos pequenos, percorrendo localidades de Ouro Preto, Belo Horizonte e região. Agora, em novembro e dezembro, o grupo segue em itinerância por diversos espaços em parceria com centros de cultura, educação e movimentos sociais.

Encerrando as atividades do ano, a Trupe chega passa por localidades como São Bartolomeu, Cachoeira do Campo, Antônio Pereira, Amarantina, Lavras Novas, São Gonçalo do Bação, Coelhos, Rodrigo Silva, Acuruí, além de fazerem parte da programação de eventos como a Feira Literária de Itabirito e a Semana de Consciência Negra em Ouro Preto.

Programação Festival Os Sons do Brasil – Novembro / 23

Belo Horizonte

16/11

MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal

20h – Gabriel Grossi convida Vanessa Moreno

17/11

Palácio das Artes – Sala Juvenal Dias

20h – Elisa Gudin & Thiago Amud

18/11

Palácio das Artes – Sala Juvenal Dias

20h – Vitor Araújo

Grande Teatro Cemig Palácio das Artes

21h – Lô Borges + DoContra + Orquestra – Concerto Especial

Ouro Preto – Museu Boulieu

17/11

19h – DJ Pátrida

20h – Matheus VK

21h30 – DJ Pátrida

22h – Gabriel Grossi convida Vanessa Moreno

18/11

18h – DJ Pátrida

19h às 20h – Elisa Gudin & Thiago Amud

20h – DJ Pátrida

20h30 às 21h30 – Orquestra Imperial

21h30 – Literatura pra Dançar, de Julliano Mendes

22h – Tributo a Djalma Corrêa com AYÊ e Nath Rodrigues

19/11

17h – DJ Pátrida

17h30 – Antonio Loureiro convida Tatiana Parra

18h30 – DJ Pátrida

19h – Luiz Otávio com participação de Mart’nália

SERVIÇO

Festival Já Raiou a Liberdade – Os Sons do Brasil

Data: de 16 a 19 de novembro

Local: Ouro Preto e Belo Horizonte

INGRESSOS

Belo Horizonte

Sala Juvenal Dias

Retirada de ingressos na Bilheteria do Teatro 2h antes do evento.

Grande Teatro Cemig Palácio das Artes

Retirada de ingressos pela EVENTIM e na Bilheteria do Teatro a partir das 12h do dia 17/11.

MM Gerdau

Entrada gratuita sem retirada de ingressos – *Abertura 1h antes do evento – sujeito a lotação.

Ouro Preto

Museu Boulieu

Ingresso Solidário: 1kg de alimento não perecível ou agasalho – Trocas a partir das 12h do dia 13/11.

Programação – Trupe Sons do Brasil

  • 05/11 – 11h – São Bartolomeu – Adro da Igreja – Associação dos Doceiros
  • 06/11 – 10h e 13h – Mariana – Escola Municipal Dom Luciano – Projeto Metamorfose
  • 07/11 – 10h e 20h – Cachoeira do Campo – Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (Caic)
  • 08/11 – 14h – Antonio Pereira – CRAS
  • 10/11– 09h / 10h15 / 13h30 / 15h e 12/11 – 10h Itabirito – Praça do Centenário – Feira Literária de Itabirito
  • 11/11 – 20h – Amarantina – Casa de Pedra
  • 12/11 – 17h – Lavras Novas – Adro da Matriz
  • 13/11 – 10h – São Gonçalo do Bação – Escola Municipal De São Gonçalo do Bação
  • 13/11 – 14h – Cachoeira do Campo – Escola Municipal Padre Afonso
  • 14/11 – 10h – Coelhos – Escola Municipal
  • 19/11 – 18h – Rodrigo Silva – Sede da Banda de Santa Cecilia de Rodrigo Silva
  • 21/11 – 10h / 14h / 16h e 22/ 11 – 14h – 19h – Ouro Preto – Casa de Cultura Negra – Semana da Consciência Negra
  • 23/11 -10h / 14h / 20h – Mariana – Centro de Educação Municipal Padre Avelar
  • 24/11 – 14h – Antonio Pereira – Escola Estadual de Antonio Pereira
  • 29/11 – 10h – Acuruí – Escola Municipal de Acuruí
  • 2/12 – 16h        – Mariana – Museu de Mariana

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade