12 de junho de 2024 14:59

Minas Gerais registra a primeira morte causada pelas chuvas

Temporal causou desabamento de estrutura de barracão que caiu sobre homem em Cássia, no Sul de Minas

A Defesa Civil estadual confirmou a primeira morte causada pelas chuvas na atual temporada das águas, iniciada em setembro. A ocorrência foi registrada nessa quarta-feira (15/11), na cidade de Cássia, no Sul de Minas.

Segundo o boletim da Defesa Civil, um homem morreu depois que a estrutura de um barracão caiu sobre ele durante o temporal da tarde de ontem. A vítima trabalhava no local. Os destroços ainda atingiram um carro Chevrolet Kadett que parou com as rodas para cima.

Em Arcerburgo, também no Sul de Minas, uma chuva com fortes ventos causou quedas de árvores e destelhamento de alguns imóveis do município. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Em Pouso Alegre, o show da dupla sertaneja Israel e Rodolffo foi cancelado pela prefeitura devido ao temporal que atingiu a cidade no início desta tarde de ontem. Parte da estrutura montada para a 1ª Festa do Peão foi danificada. Segundo o Corpo de Bombeiros, o teto de uma arquibancada cedeu. Os militares foram acionados para vistoriar o local. Ninguém ficou ferido.

Em São João del-Rei, no Campo das Vertentes, os bombeiros foram acionados 22 vezes para ocorrências relacionadas à chuva. A maioria dos atendimentos foi para corte de árvore e salvamentos terrestres.

O Corpo de Bombeiros ainda atendeu ao menos três chamados para queda de árvore em Barbacena, também no Campo das Vertentes. Os militares atuaram nos bairros Pinheiro Grosso, Ipanema e Aeroporto. Ninguém ficou ferido.

Até a manhã de hoje, sete cidades mineiras estão em situação de anormalidade por desastres relacionados às chuvas. Veja a lista:

  • Conceição dos Ouros, Sul de Minas
  • Ponto Chique, Norte de Minas
  • Taquaraçu de Minas, Região Central de Minas
  • Arantina, Sul de Minas
  • Diamantina, Região Central de Minas
  • Formoso, Noroeste de Minas
  • Rosário da Limeira, Zona da Mata

Doze pessoas estão desabrigadas e 111 estão desalojadas.

Na tarde desta quinta-feira (16/11), um temporal acompanhado de ventos e granizo assustou moradores de Juiz de Fora, na Zona da Mata. No Alto dos Passos, houve relato de granizo “com grandes pedras de gelo”. Janelas de vidro quebraram com a força do vento. No bairro Quintas da Avenida, os ventos destelharam casas. Moradores de várias regiões da cidade ficaram sem luz.

FONTE ESTADO DE MINAS

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade