13 de junho de 2024 14:47

Veja cinco bons SUVs usados para comprar com até R$ 50 mil

Com excelente custo-benefício, eles são bons, bonitos e baratos pelo nível de equipamentos que oferecem

É inegável que o segmento de SUVs só tem crescido em vendas e conquistando cada vez mais a preferência do brasileiro. Não é para menos. Com boa altura do solo, excelente posição de dirigir e mais segurança – para não citar o conforto e melhor espaço interno – eles vieram para ficar.

Contudo, os preços para se adquirir um zero-quilômetro, como sabemos, é algo surreal para a maioria dos brasileiros. Dessa maneira, a saída é recorrer aos modelos usados. Sempre focando nos que oferecem o melhor custo-benefício, listamos cinco dos SUVs mais queridos do brasileiro. 

1- FORD ECOSPORT 1.6 16V FREESTYLE FLEX MANUAL 2012 – R$ 40.193

Ford EcoSport já deixou de ser produzido, mas ainda tem boa procura no mercado de carros usados e seminovos
Imagem: Divulgação

Entre janeiro a outubro de 2022, o Ford EcoSport apareceu como vitorioso na preferência pelos 10 SUVs usados mais buscados no Brasil. Coube  a ele inaugurar o segmento dos SUVs compactos e a moda segue firme, apesar dele não ser mais produzido no país, em consequência da saída da Ford em 2021.

De qualquer forma, ele ainda agrada pelo estilo moderno e oferece bom espaço para até cinco passageiros. Só esqueça o porta-malas que é pequeno. São apenas 296 litros. Entre as motorizações, a mais popular e aceita é a 1.6 que em parceria com câmbio manual de cinco marchas, consegue 107/101 cv de potência e 15,3/14,5 kgfm de torque. Quanto ao consumo, são 6,2 km/l na cidade e 7,3 km/l na estrada com etanol. Já na gasolina, os números sobem para 8,8 km/l na cidade e 10,3 km/l.

2- HYUNDAI TUCSON 2.0 16V FLEX MANUAL 2013 – R$ 46.420

Hyundai Tucson tem na robustez sua maior qualidade, o que tem atraído compradores nas lojas
Imagem: Divulgação

O SUV da marca sul-coreana traz visual bonito até hoje, apesar de estarmos falando de um modelo que deu as caras por aqui em 2005. Há duas motorizações: quatro cilindros, 2.0 litros de 142 cv com câmbio manual de cinco marchas ou, como opcional, o automático com quatro velocidades e 2.7 V6 de 180 cv. O consumo é alto, mesmo na variante de quatro cilindros. Na gasolina, gira em torno de 8,5 km/l na cidade e 10 km/l na estrada, considerando que, nesse ano, não vinha a opção flexível. Em contrapart

A versão mais simples, denominada GL, já chegava bem recheada e contava com vidros verdes e para-brisa degradê, ar-condicionado, direção hidráulica, console de teto, trio elétrico, banco do motorista com regulagem lombar e de altura, banco traseiro bipartido, relógio digital, rodas de alumínio e airbag para motorista e passageiro.

3- PEUGEOT 2008 ALLURE 1.6 16V FLEX MANUAL 2015 – R$ 47.043

Peugeot 2008 vai deixar de ser produzido no Brasil em dezembro, mas tem boa relação entre custo e benefício
Imagem: Divulgação

Por aqui, o modelo surgiu em 2015 e já contava com a opção turbo, além da aspirada, sempre com motor 1.6. Nessa última, considerada a mais em conta da linha 2008 já traz uma série de itens como: direção elétrica; painel de instrumentos em LCD com computador de bordo; ar-condicionado de duas zonas; central multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas; faróis de neblina; LEDs para luzes diurnas e lanternas;  sensor de estacionamento traseiro, freios com ABS e quatro airbags.

O desempenho do motor 1.6 aspirado atrelado ao baixo consumo – considerando o porte e o peso de 1.183 kg – está entre os mais econômicos. Associado ao câmbio automático com seis marchas rende 122/115 cv de potência e traz um consumo de 7,3 km/l na cidade e 8,2 km/l na estrada com etanol e 10,2 km/l na cidade e 11,6 km/l na estrada com gasolina.

4- RENAULT DUSTER DYNAMIC 2.0 FLEX 16V AUTOMÁTICO 2013 – R$ 47.529

Renault Duster tem boa capacidade de enfrentar obstáculos, seja na cidade ou em trechos de terra
Imagem: Divulgação


O SUV da Renault foi lançado em 2011 com motores flex, 1.6 16V de 115/110 cv com câmbio manual de cinco marchas e 2.0 16V de 142/138 cv associado a uma transmissão automática de quatro velocidades como opcional.

Um dos trunfos está no porta-malas. São 475 litros, muito bem aproveitados considerando as dimensões: 4,31 m de comprimento, 2,67 m de entreeixos, 1,69 m de altura e 1,82 m de largura. 

Dependendo da versão, é possível por menos de R$ 50 mil ser contemplado com a tração 4×4, como é o caso da Dynamique 4WD do ano 2013 cotado a R$ 47.700, caso opte pela tração 4×4. Ela pode ser vista com o opcional dos bancos em couro, além dos itens de série como trio elétrico, ar-condicionado, computador de bordo, faróis de neblina e freios ABS.

5- VOLKSWAGEN TIGUAN 2.0 16V TSI TIPTRONIC 2010 – R$ 49.712

Volkswagen Tiguan da primeira geração já vinha com motor 2.0 turbo, câmbio automático e tração integral
Imagem: Divulgação

O crossover da Volkswagen também envelheceu muito bem, ainda que o modelo tenha sido importado a partir de 2009 e descontinuado em 2018, quando chegou a segunda geração. Além de bonito e com pitada esportiva, o crossover ficou conhecido por estrear o sistema Park Assist que estaciona sozinho: é só apertar um botão, engatar a ré e tirar as mãos do volante que ele se encarrega do resto, bastando o motorista apenas controlar pelo pedal do freio.

Além desse recurso que era opcional, o Tiguan trazia de série: ar-condicionado digital de duas zonas, volante multifuncional revestido em couro, trio elétrico, sistema de som com oito alto-falantes e rádio/CD com MP3, entrada auxiliar e disqueteira para seis CDs entre outros mimos.

O motor é um esperto turbo 2.0 16V que rende 200 cv de potência nas quatro rodas a 5.100 rpm e um torque generoso de 28,5 kgfm, liberado entre 1.700 rpm e 5.000 giros. A tração integral é automática, com o sistema 4Motion. 

FONTE AUTOO

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade