24 de maio de 2024 03:16

Dono de joalheira é morto com tiro no peito ao reagir a assalto em MG

Dono de joalheira é morto com tiro no peito ao reagir a assalto em MG

Um empresário de 27 anos foi morto a tiros após reagir a um assalto em uma joalheria em Arcos, na região Centro-Oeste de Minas Gerais, nesta quinta-feira (11 de abril). Dois suspeitos de participação no crime foram presos pela Polícia Militar (PM) por latrocínio, enquanto outros dois eram procurados até o encerramento da ocorrência.

Um funcionário da vítima informou que estava na joalheira com o patrão e um cliente no momento em que dois suspeitos entraram, fecharam a porta do estabelecimento e anunciaram o assalto. Todos eles foram levados para os fundos da loja e sofreram ameaças, enquanto o outro suspeito recolhia as joias, sendo uma delas avaliada em R$ 10 mil.

Quando os suspeitos se preparavam para sair da joalheira, o empresário entrou em luta corporal com eles. Um dos criminosos atirou, e o disparo atingiu o peito da vítima. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local da ocorrência e confirmou a morte do empresário.

Após o crime, os suspeitos fugiram em uma moto. Buscas foram realizadas pelos policiais e dois foram presos em flagrante depois que foram encontrados em uma rua sem saída.

A perícia da Polícia Civil foi até a joalheria para realizar os trabalhos de praxe. O caso será investigado pela instituição.

 

FONTE O TEMPO

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade