13 de julho de 2024 05:55

De doméstica a lutadora Muay Thai: destemida, corajosa e guerreira: atleta busca glória e títulos no Profissional; conheça a sua história

Buscar um lugar no topo significa enfrentar os melhores das minhas categorias de muay thai no país. Aos 26 anos, Juscelayne da Conceição Souza, da Equipe Alcateia Muay Thai, está determinada a alcançar o topo do Muay Thai no Brasil. Natural da zona rural de Piranga (MG), Juscelayne tem dedicado os últimos oito anos de sua vida ao treinamento intenso e à busca por títulos na modalidade.

Trajetória de Sucesso

Com esforço, talento e garra, Juscelayne já conquistou inúmeras vitórias, títulos e defesas de cinturão. No último dia 29, ela competiu no Attack Fight, o maior evento de Muay Thai da América Latina, transmitido ao vivo pelo canal Combate. Disputando na categoria até 54 quilos, ela ficou com o vice-campeonato, apesar de muitos acreditarem que merecia a vitória. “Muitos ficaram sem entender a decisão dos juízes, já que fiz uma luta agressiva e impus meu jogo durante quase todo o combate”, comentou Juscelayne à nossa reportagem.

Apoio e Reconhecimento

A atleta conta com o apoio de empresários locais e da Prefeitura de Piranga, que auxiliam nas despesas de viagens e treinos. Juscelayne já é um nome consolidado no esporte, sendo a primeira campeã feminina do Ita Fight, conquistado em Itanhaém/SP em abril do ano passado. Entre seus cinturões estão o GP Contagem Fight Night e o Império Muaythai, no qual ela já fez uma defesa. Com um recorde de 20 lutas, Juscelayne perdeu apenas duas.

Na semana passada, ela demonstrou mais uma vez seu talento ao ficar em 3º lugar no 1º Trail Run Piranga, uma corrida de rua com a participação de diversas atletas profissionais. “Vim de um campeonato de Muay Thai no Sul do Brasil e, mesmo com dores musculares, cheguei em 3º lugar na corrida. O esporte está no sangue e, olha que nem treinei direito para a prova”, refletiu Juscelayne.

História de Superação

Juscelayne da Conceição Souza tem uma história marcada por superação, empoderamento e fé. Órfã de pai e mãe desde cedo, ela é uma das sete irmãs e hoje cuida de duas irmãs mais novas, além de ser casada há quatro anos. Ela desempenha múltiplos papéis, cuidando da casa, treinando e estudando.

Ao sair da zona rural, trabalhou como doméstica por oito anos em Piranga para garantir sua sobrevivência. Atualmente, está no 4º período do curso de Educação Física e também trabalha como servente em uma escola municipal e personal trainer. “A vitória é dos que acreditam e lutam. Estes são os meus lemas, e quero levar o nome da nossa cidade para os quatro cantos do Brasil e do mundo”, concluiu a guerreira.

Juscelayne Souza: Um exemplo de determinação e conquista no esporte e na vida.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade