13 de julho de 2024 06:10

SEM ACORDO: comunidade de Gagé cobra fim da poeira, barulho, mais segurança e pede redução do tráfego de carretas de minério; moradores não descartam nova paralisação

Aconteceu nesta terça-feira(9) na Câmara Municipal de Conselheiro Lafaiete (MG), na comissão de serviços públicos, uma reunião com objetivo de atenuar os impactos ambientais causado pelo tráfego intenso de carretas de minério pela rua Santa Efigênia, em Gagé. Na sexta-feira (5), dezenas de moradores bloqueram a Rua Santa Efigênia, principal via de acesso a localidade inconformados com tráfego intenso de carretas de minério que provocam risco, poeira, barulho e insegurança e danos as residências, além da omissão da Prefeitura.

A principal demanda do moradores é a imediata pavimentação da rua, objetivando dar dignidade aos moradores que tiveram suas liberdades tolhidas pela movimentação.

A segunda demanda mais importante é a manutenção dioturmamente, visando mitigar ao máximo a emissão de particulado suspenso (poeira mineral).

Houve diálogo entre as empresas, comunidade, representada por José Luiz e Roger Diêgo. A prefeitura municipal enviou dois representantes, que não propuseram nenhuma melhoria. O diálogo foi intermediado pelo presidente da comissão de serviço público, o Vereador André Menezes. A reunião não teve nenhum acordo.

A população solicitou a redução do horário de tráfego de caminhões que atualmente é de 07 às 22h para 07 às 20h. A comunidade não descarta nova paralisação da via.

No próximo dia 22/07 às 15h, haverá mais uma tentativa de negociação, desta vez, intermediada pelo Ministério Público.

A população irá promover uma Ação Civil Pública, recorrendo ao Poder Judiciário para que pelo menos haja ordem, dignidade e a devida entrega de prestação de serviços públicos aos pagadores de impostos de Gagé.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade