Abertura de Igrejas aos fiéis depende do arcebispo de Mariana, diz vigário episcopal

20
O padre Marcos Macário afirmou que a decisão sobre a retomada das missas com fiéis depende da Arquidiocese / DIVULGAÇÃO

O vigário episcopal da região Mariana Oeste, padre Marcos Macário Mendes manifestou sobre a decisão da Prefeitura de Conselheiro Lafaiete que autorizou a realização de missas e cultos com a realização de até 30 pessoas nas igrejas de Conselheiro Lafaiete a partir de sábado, 11/07. O padre que é pároco da Basílica do Sagrado Coração de Jesus afirmou durante a celebração que a presença dos fiéis nas celebrações depende da palavra do arcebispo Dom Airton José dos Santos.

“O poder público pode ver de fato que há a possibilidades, mas quem nos diz para abrir ou não é o pastor próprio da Igreja que é o bispo. Muitas pessoas já ligaram e estão perguntando. A gente tem que ter paciência e aguardar as orientações da Igreja”, disse o padre Marcos Macário.

Enquanto se aguarda uma posição da Arquidiocese de Mariana, as missas continuarão sendo celebradas de forma privada e transmitidas pelos meios de comunicação. A Prefeitura de Conselheiro Lafaiete publicará o Decreto Municipal com orientações sobre os protocolos sanitários a serem seguidas na realização dos atos religiosos como distanciamento entre os presentes e uso de máscaras, dentre outras medidas. (Lafaiete Agora)