Abono extra de R$ 2.000 para aposentados e pensionistas do INSS pode ser realidade

35

Uma ideia legislativa proposta por Jefferson Brandao Leone – BA, que cria um Abono Extra de R$2.000 a ser pago até o final deste ano aos aposentados, BPC e pensionistas do INSS, ultrapassou 20 mil apoios. Com isso, a proposta avançou, e chegou ao senador Paulo Paim, presidente da  Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado.

Abono extra de R$ 2.000 para aposentados e pensionistas do INSS avança e chega à CDH

Primeiramente, o projeto legislativo SUG 15/2020 já conseguiu colher as assinaturas de mais de 26 mil pessoas online e está sendo agora analisado pelos senadores.

A proposta avançou, e agora chegou até o senador Paulo Paim, que é o presidente da  Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado e pode se tornar realidade.

A ideia legislativa propõe a criação de um abono extra de R$ 2.000 a ser pago até o final deste ano de 2020 aos aposentados, BPC e pensionistas do INSS. Terão direito ao dinheiro extra os beneficiários do INSS que ganham até 3 salários mínimos.

Confira a proposta logo a seguir:

Criação do Abono Extra de R$2.000 para aposentados, BPC e pensionistas do INSS

“Em virtude da crise o país enfrenta, cria-se uma abono Abono Extra de R$2.000 a ser pago até o final deste ano de 2020 aos aposentados, BPC e pensionistas do INSS. Terão direito ao dinheiro extra os beneficiários do INSS que recebem que ganham até 3 salários mínimos.

Essa medida, além de extremamente importante para os beneficiários do INSS, é relevante para a economia do país. Na minha avaliação, é importante exigir um esforço do governo e do INSS para garantir acesso a direitos e garantias fundamentais aos segurados e seus familiares nesse momento de crise. O dinheiro será essencial para prover gastos com saúde e alimentação.” (Seu Crédito Digital)