Aleluia! Lafaiete e região avançam a “onda amarela” do Novo Minas Consciente; bares e restaurantes podem abrir ao consumo

26

Uma grande notícia para a região. Entrou em vigor hoje (6) a nova fase do Novo Plano Minas Consciente e dentro das novas regras,  Conselheiro Lafaiete, Congonhas, Ouro Branco e outras cidades da região foram reclassificadas e estão a partir do dia 8 (sábado) na “onda amarela”, quando grande parte do comércio estará apto a reabertura com a inclusão de diversas atividades, entre as quais bares e restaurantes podem oferecer seus espaços para o consumo interno, respeitando o uso de máscaras e o distanciamento social.

As academias de ginástica, shows e eventos esportivos, por exemplo, ainda não podem reabrir, somente na “onda verde” que é o próximo estágio, porém a duração da “onda amarela” é de no  minimo 28 dias. Isso quer dizer, que somente no dia 3 de setembro haverá uma novo reclassificação, quando a região poderá avançar a “onda verde”.

O que podem funcionar:

Onda 2 – amarela – serviços não essenciais

  • Bares /restaurantes (consumo no local)
  • Autoescola e cursos de pilotagem
  • Salão de beleza e atividades de estética
  • Comércio de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo
  • Papelaria, lojas de livros, discos e revistas,
  • Lojas de roupas, bijuterias, joias, calçados, e artigos de viagem
  • Comércio de itens de cama, mesa e banho
  • Lojas de móveis e lustres
  • Imobiliárias
  • Lojas de departamento e duty free
  • Lojas de brinquedos

Conheça as ondas: 

  • Onda Vermelha – Serviços essenciais: supermercados, padarias, farmácias, bancos, depósitos de material de construção, fábricas e indústrias, lojas de artigos de perfumaria e cosméticos, hotéis;
  • Onda Amarela – Serviços não essenciais: lojas de artigos esportivos, eletrônicos, floriculturas, autoescolas, livrarias, papelarias, salões de beleza
  • Onda Verde – Serviços não essenciais com alto risco de contágio: academias, teatros, cinemas, clubes