Cidades caem na pontuação do ICMS Cultural e Piranga lidera ranking regional

27
Piranga é dona de um rico e valioso patrimônio histórico e cultural (foto Guará Drone).

O Iepha-MG (Instituto Estadual Patrimônio Histórico e Artístico)  divulgou a pontuação provisória do ICMS Cultural. Os repasses financeiros do Governo do Estado de Minas Gerais aos municípios que pontuaram no programa serão feitos ao longo do ano de 2020.

Das 23 cidades da região, apenas 7 subiram na pontuação. Lafaiete caiu de 11,93 para 10,3. Piranga assumiu a liderança com uma grande evolução saindo de 6,81 para 23,56. Mesmo perdendo pontos, Belo Vale vem na segunda colocação com 21,75. Na 3ª colocação vem Congonhas com 21,5. Um dos destaques foi Ouro Branco que saiu de 3,19 indo a 12,38 pontos Casa Grande também subiu de 10,67 para 14,93. Lamim também evoluiu saltando de 4,95 para 6,67.

Santana dos Montes que sempre foi bem pontuada caiu de 16,2 para 9,34. As duas cidades com menores pontuações são Desterro de Entre Rios (3,13) e Jeceaba com 3,49.

Confira abaixo o ranking das cidades mais bem colocadas:

Foto de capa: Guará Drone