Com grande queda nas receitas, Viação Presidente “abre o bico” e pede isenção de imposto a prefeitura

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Nova frota Viação Presidente, mas empresa apresenta constantes defeitos em seus veículos/DIVULGAÇÂO

A Viação Presidente, concessionária do transporte público, enviou esta semana a Câmara Municipal um demonstrativo das receitas e despesas da empresa durante a pandemia, citando uma expressiva queda no seu faturamento.
As empresa alega dificuldade de fluxo de caixa com a redução dos passageiros em função do COVID-19  atingindo em cheio os indicadores da Presidente.
Para enfrentar a crise, a empresa, que conta em seu quadro o total de 268 empregados, realizou de acordo com a Medida Provisória do Governo Federal 936/2020, suspensão de contrato e diminuição de jornada com 89 funcionários, o que ainda não resolve o problema financeiro. Além dos salários a Presidente tem a obrigação de fazer o pagamento do cartão alimentação no valor aproximado de R$96 mil/mês e do Plano de Saúde no valor aproximado de R$75 mil/mês.
Neste cenário, a empresa vem tentando salvar os salários e benefícios dos empregados, deixando sem pagar os compromissos fiscais, fornecedores e outras despesas, o que está gerando dívidas altas e futuras. “Diante do exposto vem solicitar a isenção do ISSQN por um período de 12 meses, a contar de 01/03/2020, ou outra alternativa que possa auxiliar a empresa nos compromissos básicos”, diz o documento.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *