quarta-feira, setembro 22, 2021

Mário Marcus amplia base na Câmara que terá 10 partidos representados

As eleições proporcionais deste domingo tiveram como resultado a maior fragmentação partidária na Câmara Municipal e a ampliação da base de apoio do prefeito reeleito Mário Marcus (DEM). Dos 10 partidos que estarão representados no Legislativo municipal, o demista deverá ter como oposição cerrada apenas o PT, representado pelo vereador Pedro Américo e o MDB, que terá o novato Giusepe Laporte.

Por outro lado, o prefeito poderá contar com o PV que terá uma bancada com três edis, além do DEM, que elegeu dois representantes. Além disso, a cota aliada a Mário Marcus contará com os novatos Renato Pelé (PODE), Vado Silva (DC) e Pastor Angelino (PP), além do reeleito André Menezes (PL), chegando a nove vereadores, número necessário para aprovar até as proposições que necessitem do voto de 2/3 da casa.

Além disso, o prefeito deverá ter os representantes do PROS e Patriotas, respectivamente, Sandro José e Erivelton Martins como independentes e com canal aberto para dialogar e expandir ainda mais sua base nos próximos quatro anos.

  • 1.425 votos PL – 22.888 PLANDRÉ MENEZES
  • 1.224 votos MDB – 15.555 GIUSEPPE LAPORTE
  • 1.219 votos PV – 43.633 DAMIRES RINARLLY
  • 1.180 votos DEM – 25.333 FERNANDO BANDEIRA
  • 1.069 votos PROS – 90.777 SANDRO JOSÉ
  • 970 votos PV – 43.333 PROFESSOR OSWALDO BARBOSA
  • 940 votos PV – 43.020 PROFESSOR EUSTAQUIO
  • 917 votos PT – 13.789 PEDRINHO
  • 885 votos DC – 27.456 VADO SILVA
  • 877 votos DEM – 25.680 JOÃO PAULO PÉ QUENTE
  • 861 votos PATRIOTA – 51.333 ERIVELTON SONHO DE RUA
  • 796 votos PODE – 19.369 RENATO PELÉ
  • 743 votos PP – 11.321 PASTOR ANGELINO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *