PM apreende veículos clonados e prende motoristas em Lafaiete

9

Durante Operação Batida Policial realizada no início da noite de quarta-feira, dia 2, no Bairro Carijós, em Lafaiete, os militares depararam com um Fiat Idea com placa de Mariana, trafegando pela Rua Lopes Franco, quando foi percebido de que constava uma denúncia de envolvimento do veículo com as mesmas características o qual seria clonado. Foi constatado de que a placa estava adulterada e fora furtado na data de 20/07/2018, no bairro Bandeirantes, no município de Contagem.

A condutora, de 40 anos, alegou ter adquirido o veículo recentemente de um homem, de 21 anos, morador do bairro Santo Antônio, sendo que pagou a quantia de R$ 4.000,00 e o estante em parcelas de R$2 mil por mês até completar o montante total no valor de R$ 24.000,00.  A motorista foi presa e o  CRLV apresentado foi apreendido, haja vista haver sinais de falsificação.

Já na rua Rua Duque de Caxias, o acusado de ter vendido o veículo clonado foi visto em frente a um estabelecimento comercial conduzindo um veículo Fiat Linea, sendo ele posteriormente abordado, juntamente com sua namorada. Ao verificar o chassi foi constatada a adulteração das placas, e apontado durante consulta via COPOM, que o veículo havia sido roubado no bairro Jardim Comerciários, em 21/09/2018, no município de Belo Horizonte.

Questionado sobre a procedência do veículo clonado e apreendido ele alegou que conheceu um indivíduo de nome Marcos, oriundo de Belo Horizonte. Logo após,  alegou que desconfiou do carro ser clonado e então foi atrás do suposto vendedor o qual disse que o Fiat Idea era clonado e pediu para ele vendesse para outra pessoa e que não iria devolver o dinheiro que havia pago.

Desta forma, ele vendeu o veículo para a condutora apreendida conduzindo o veículo no bairro Carijós. Ele relatou ainda que o homem que havia lhe vendido o veículo Fiat Idea deixou o Fiat Linea com ele até que  adquirisse outro, e que sabia que Fiat Linea era clonado mas estava transitando nele assim mesmo por necessidades pessoais. Os militares recolheram o aparelho celular do acusado, sendo ele preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil em Conselheiro Lafaiete.

-Vertentes das Gerais