Prefeitura de Congonhas projeta receita de mais de meio bilhão para 2020

23

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020 foi apresentada durante Audiência Pública realizada nessa quinta-feira, 13, na Câmara Municipal. A receita estimada e despesa fixada é de R$ 538 milhões, considerando os valores da Prefeitura, FUMCULT, PREVCON e Câmara Municipal. O projeto, que será encaminhado ao Legislativo nesta sexta-feira, 14, esclarece as metas e prioridades da Administração Pública, menciona as orientações básicas para a Lei Orçamentária Anual (LOA) e apresenta as metas e riscos fiscais.

Governo Municipal apresentou metas e prioridades para 2020/DIVULGAÇÃO

Entre as ações previstas para serem implantadas em 2020, estão as do PAC Cidades Históricas, com a conclusão das obras do Centro Cultural Romaria, Parque Natural da Romaria e Teatro Municipal, a restauração da Igreja de N. Sra. da Soledade (Lobo Leite),  a pintura das igrejas N. Sra. da Conceição, N. Sra. do Rosário e Basílica do Senhor Bom Jesus e desinfestação e intervenção nas 64 esculturas dos Passos da Paixão. Está programado, ainda, a implantação de sinalização viária e interpretativa.

Também destacam-se, entre outros projetos: conclusão da ampliação e reforma do Hospital Bom Jesus; construção das clínicas da Mulher e da Criança; construção do PSF do Consolação; construção da E.M. Odorico Martinho da Silva; reformas do programa Mão Solidária; construção e pavimentação de vias urbanas; construção do trevo na BR-040, próximo à Contorno Norte; reforma do Terminal Rodoviário; conclusão do campo do Jardim Profeta, construção da cantina do campo de Joaquim Murtinho e dos vestiários dos campos do Pequeri e de Lobo Leite.

Leia mais:

Prefeitura de Congonhas injeta R$ 20 milhões na economia local