Rock e erudito: público se encanta e emociona com Concertos na Matriz; Lafaiete vai sediar encontro de corais em 2020

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Coral Madrigal Roda Viva e Cantata do Colégio Nazaré empolgaram o publico que lotaram a igreja Matriz/DIVULGAÇÃO

O imenso público que compareceu a Matriz Nossa Senhora da Conceição, na noite desse domingo, foi contemplado com cenas de pura magia. Como bem disse o Professor Paulo Antunes, foi “a celebração do casamento perfeito da música clássica com o rock”.
O convidado da vez foi a 31’s Rock Banda, integrada por Aysser Saliba – teclado e arranjo, Elton de Jesus – vocal agudo, Fernando Barros – vocal grave, Dudu Morais – Guitarra e backing vocal, Emmanuel Soares – Baixo e backing vocal e Marcelo Mellado – bateria. Músicos refinados, de altíssimo nível com uma leitura apurada dos clássicos do Rock nacional e internacional.
Logo no começo, uma linda surpresa, com a emocionante vinheta da Century Fox anunciando o início do Concerto. Ao apagar das luzes, a majestosa canção “sentimentos” de A Bela e a Fera, tomou conta da imponente edificação do nosso barroco. A Fera (Fernando Barros) e as Belas (meninas cantoras do Coral Cantata), acompanhados da Banda 31’s teceram a mais linda harmonia, festejada ao final por luzes e fogos.

31’s Rock Banda apresentou grandes clássicos do rock e levantou a plateia

Uma plateia em êxtase permaneceu deslumbrada com as canções entre o pop Rock e a música tradicional da literatura coral. Entre as quais, Yesterday, Beatles; Dois corações da Banda Melim; Tempo perdido de Legião Urbana, Glória da Missa afro do Maestro Carlos Alberto Pinto Fonseca; With or without you, U2; Habanera da Ópera Carmen de Bizet; Hey Jude que diz: “não fique mal / Pegue uma canção triste e torne-a melhor / Lembre-se de deixá-la entrar em seu coração / Então você pode começar a melhorar as coisas.” Foi então que o publico atendeu o convite do vocalista Fernando e cantou, com imensa vibração, esta que é uma das mais famosas canções mundiais.
Ainda foi possível experimentar um momento de dupla emoção: a canção “Another brick in the wall” – Pink Floy, na voz da 31’s e Coral Cantata como Back vocal, deixou uma contundente mensagem sobre a importância da educação que liberta, seguida de uma homilia em forma de canção, pelo mesmo coral e o violino de Leo Cassilhas: “Oração de uma criança” pedindo a Deus que nos acolha.
O grand finale reuniu os três coros e a Banda, para juntos, cantarem Enquanto houver sol – Titãs. Inevitavelmente, ao final o público ovacionou e de pé, solicitou o Bis.

Lafaiete vai sediar Festival de Corais

Através do brilhante trabalho desenvolvido pelo maestro Geraldo Vasconcelos Lafaiete sediará encontro de corais

Uma noite memorável marcada pela presença de várias autoridades da nossa cultura artística, entre as quais o Secretário de Cultura Geraldo Lafaiete e de um público qualificado e consolidado, que nas palavras do Maestro Geraldo Vasconcelos é o grande responsável pelo fato da FEMICOR – Federação Mineira de Corais ter escolhido Conselheiro Lafaiete para sediar o primeiro Festival de Corais de Minas Gerais, em caráter competitivo, no ano de 2020, dentro do calendário de comemorações dos 230 anos de Conselheiro Lafaiete.
“Bons ventos para essa iluminada e sonora lua de mel: Madrigal Roda Viva; Coral Veritas, Coral Cantata do Colégio Nazaré, 31’s Rock Banda” e o já tradicional imenso público que não apenas assiste, mas afirma a grande interação entre palco e plateia.

Quando entrar dezembro, os prenúncios do nascimento do menino Jesus, serão adornados por novas emoções.

-Fotos: Mauro Dutra Faria

 

Veja mais fotos:

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *