Trabalha de carteira assinada? Você tem direito a receber R$ 1.412. Veja como!

Milhares de trabalhadores brasileiros têm poderão receber até R$ 1.412 de PIS/PASEP nos próximos meses. O valor do benefício será distribuído pela Caixa Econômica Federal para os trabalhadores do setor privado e pelo Banco do Brasil para os servidores públicos.

Os valores que serão pagos variam de acordo com o tempo de serviço no ano-base, que, neste ano, é 2022. Se você trabalhou durante os 12 meses do ano de 2022, poderá receber o valor total. Já se trabalhou apenas por 30 dias, terá direito ao valor mínimo.

Bolsa Família vai ter reajuste do benefício e do auxílio-gás de fevereiro de 2024

Esse anúncio é crucial para o planejamento financeiro das famílias que dependem desse recurso para garantir sua subsistência. Saiba mais!

A divulgação do calendário de pagamento do Programa Bolsa Família para fevereiro de 2024 é uma notícia aguardada com expectativa. Esse anúncio é crucial para o planejamento financeiro das famílias que dependem desse recurso para garantir sua subsistência e manter suas contas em dia.

Com o calendário oficial disponível, os beneficiários podem, agora, organizar melhor suas finanças e se prepararem para receber o auxílio no momento certo. Este calendário é uma ferramenta essencial para promover a segurança financeira e a estabilidade para aqueles que mais precisam.

Datas de pagamento do Bolsa Família para fevereiro

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) e a Caixa Econômica Federal, as datas de pagamento são determinadas pelo último dígito do Número de Identificação Social (NIS) do beneficiário. Para fevereiro de 2024, o cronograma de pagamentos ficou assim estabelecido:

  • NIS terminado em 1: 16 de fevereiro
  • NIS terminado em 2: 19 de fevereiro
  • NIS terminado em 3: 20 de fevereiro
  • NIS terminado em 4: 21 de fevereiro
  • NIS terminado em 5: 22 de fevereiro
  • NIS terminado em 6: 23 de fevereiro
  • NIS terminado em 7: 26 de fevereiro
  • NIS terminado em 8: 27 de fevereiro
  • NIS terminado em 9: 28 de fevereiro
  • NIS terminado em 0: 29 de fevereiro

Bolsa Família traz “presentes” para os beneficiários em fevereiro

Além de o calendário de pagamentos ser aguardado, os beneficiários que atendem aos critérios do programa têm mais motivos para comemorar em fevereiro. Nesse mês, eles contarão não só com a parcela regular, mas também com a adição de outros benefícios.

O primeiro presente de fevereiro vem em forma de dinheiro: uma parcela de R$ 800,00. Este valor inclui tanto a transferência regular, quanto o Benefício Primeira Infância (BPI) e o Benefício Variável Familiar (BVF). O primeiro contempla famílias com crianças de 0 a 6 anos com R$ 150,00 extras e o segundo adiciona R$ 50,00 para famílias com crianças e adolescentes de 7 a 18 anos, bem como para gestantes e mães em período de amamentação.

Outro “presente” será o Auxílio Gás no valor de R$ 102,00, destinado à compra de um botijão de gás de 13kg. Este benefício atenderá a todos os beneficiários do programa que realizaram a solicitação no CRAS de seu município.

Requisitos

Para se beneficiar deste programa e aumentar a renda familiar, é preciso atender a alguns critérios. Por exemplo, todas as crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos da família devem estar frequentando a escola regularmente. Além disso, as gestantes devem fazer o pré-natal e as crianças até 7 anos devem ter seu desenvolvimento físico monitorado, bem como o calendário de vacinação.

A pauta é clara: para continuar participando do programa, é preciso respeitar as regras, contribuindo para a efetividade desta importante política pública.

FONTE SEU CRÉDITO DIGITAL

Governo liberou lista de quem pode antecipar a aposentadoria pelo INSS

Se você está prestes a se aposentar, sabe que a espera pode ser longa. Entretanto, você sabia que é possível antecipar a sua aposentadoria ao comprovar que realizou determinadas atividades? Como? Continue lendo esta matéria para descobrir!

É possível antecipar a aposentadoria pelo INSS?

Se você têm entre 55 e 60 anos e trabalhou em atividade profissional exposta a agentes nocivos à saúde, é provável que pode solicitar a aposentadoria especial, uma das modalidades oferecidas pela Previdência. Para isso, além de comprovar a exposição a agentes nocivos, é necessário ter realizado 180 contribuições ao INSS. Cabe lembrar que a aposentadoria pelo INSS é vitalícia, com exceção da aposentadoria por incapacidade, que pode ser interrompida caso haja melhora na condição de saúde do beneficiado. Após completar 65 anos ou 15 anos recebendo o benefício, o valor se torna permanente.

O que é a aposentadoria especial?

A aposentadoria especial é uma modalidade de aposentadoria que beneficia os trabalhadores que exerceram atividades prejudiciais à saúde ou à integridade física. Esse benefício permite que o trabalhador se aposente mais cedo, diminuindo o tempo total de contribuição necessário. Para solicitar a aposentadoria especial, o trabalhador deve apresentar o Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP), um documento emitido pelo empregador que comprova a exposição a agentes nocivos à saúde do trabalhador. Esse documento deve ser baseado em um laudo técnico assinado por médico do trabalho ou engenheiro de segurança do trabalho.

Quais são as profissões que dão direito à aposentadoria especial do INSS?

Existem várias profissões que podem dar o direito de solicitar a aposentadoria especial. Entre elas, podemos citar:

  • Aeroviário,
  • Enfermeiro,
  • Médico,
  • Dentista,
  • Químico industrial,
  • Jornalista,
  • Motorista de ônibus,
  • Entre outros.

É importante lembrar que não é a profissão em si que garante a aposentadoria especial, mas sim o grau de exposição a agentes nocivos durante o exercício das atividades profissionais.

Para solicitar a antecipação da aposentadoria pelo INSS é necessário comprovar um determinado tempo de exposição a agentes nocivos à saúde, que varia de 15 a 25 anos, dependendo do grau de exposição. Além disso, deve-se ter entre 55 a 60 anos e ter realizado 180 contribuições ao INSS. Se você se enquadra nestas condições e deseja se aposentar mais cedo, é essencial que procure um advogado ou um especialista na área para orientá-lo.

Conclusão

A possibilidade de antecipar a aposentadoria é um direito garantido a todos os trabalhadores que exerceram atividades insalubres ou perigosas ao longo de sua carreira. Entretanto, para garantir esse direito, é necessário comprovar a exposição a agentes nocivos e cumprir os demais requisitos exigidos pelo INSS. Caso você se enquadre nessas condições, recomenda-se buscar a ajuda de um advogado ou especialista no assunto para orientá-lo durante o processo de solicitação da aposentadoria especial.

FONTE BM&C NEWS

Depósito acima de R$ 1.400 caí na conta dos idosos de forma surpreendente

A conta dos idosos de baixa renda receberá neste mês um valor pouco superior a R$ 1,4 mil. Acompanhando a evolução do salário mínimo, quem depende da ajuda do governo federal para garantir o básico para sobrevivência vai ser surpreendido. Os depósitos começam a ser feitos a partir do dia 25 de janeiro. 

Os brasileiros com mais de 65 anos que vivem de baixa renda podem receber mensalmente um salário mínimo do governo federal. O depósito feito na conta dos idosos parte do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), mas não exige contribuição previdenciária, basta comprovar vulnerabilidade. 

Valor depositado na conta dos idosos pelo INSS

A partir deste mês o INSS reajusta o valor do BPC (Benefício de Prestação Continuada). Este é o auxílio pago na conta dos idosos com mais de 65 anos, e que estão em situação de renda baixa. A quantia acompanha o salário mínimo do país e o piso da Previdência Social.

Em 2023 o valor mensal era de R$ 1.320, mas recebeu o reajuste e passa a pagar:

Valor do BPC em 2024: R$ 1.412,00.

Quem tem direito ao valor do BPC?

Podem receber o pagamento do BPC as pessoas que cumprirem com os seguintes requisitos:

Ser idoso com mais de 65 anos; ou
Pessoa com deficiência permanente de qualquer idade;
Estar inscrito no Cadastro Único;
Ter renda familiar de no máximo 1/4 do salário mínimo por pessoa.

O pedido do BPC é feito no Meu INSS onde os dados do solicitante serão analisados.

Quando o BPC caí na conta dos idosos?

O valor reajustado do BPC vai cair na conta dos idosos a partir do dia 25 de janeiro. O calendário segue como ordem o último número do benefício, aquele que antecede o hífen dentro da sequência. Os depósitos vão seguir até o dia 7 de fevereiro.

Número final do benefício Data de liberação
1 25/01
2 26/01
3 29/01
4 30/01
5 31/01
6 01/02
7 02/02
8 05/02
9 06/02
10 07/02

FONTE FDR

13º salário do INSS para idosos já tem valores e calendário disponíveis

Liberado anualmente para aposentados e pensionistas, o 13º salário do INSS já teve seu calendário definido para o ano de 2024. Assim como nos anos anteriores, o pagamento do abono natalino será dividido em duas parcelas. Dessa forma, o benefício será liberado durante os meses de maio e junho.

Atualmente, o benefício é pago para todos os aposentados e pensionistas pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A exceção são os idosos que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada). Isso porque o programa é uma iniciativa social e não dá direito ao 13º salário.

Para os demais, a parcela do 13º é liberada com um valor proporcional ao salário do beneficiário. Esse pagamento é definido com base nas contribuições realizadas pelo aposentado ou pensionista durante a vida.

Para auxiliar no cálculo, o FDR preparou uma calculadora que aponta o valor médio da aposentadoria. Confira:

Como calcular o 13º salário do INSS:

Para saber quanto irá receber, é essencial que o beneficiário calcule durante quantos meses do ano receberá pagamentos do INSS;
Caso vá ser contemplado durante todo o ano, seu 13º será referente a uma parcela extra do salário;
No entanto, em situações que o pagamento será efetuado por menos tempo, é preciso realizar outro cálculo;
Para saber quanto será o 13º, ele deverá dividir o valor do seu benefício por 12;
Em seguida, será preciso multiplicar pelos meses em que será atendido;
O resultado será proporcional e indicará o valor do pagamento extra;
Vale lembrar que essa liberação de recursos costuma ser dividida em duas parcelas;
Dessa forma, o beneficiário deverá contar com esse parcelamento ao realizar planos com o dinheiro;
A liberação do 13º acontece em conjunto com o benefício principal do INSS.

FONTE FDR

Pente-fino do bolsa família tira mais de 800 mil pessoas do programa; entenda

Você sabia que a inconsistência no cadastro pode levar ao cancelamento do Bolsa Família? O pente-fino do programa, que impôs um recadastramento aos beneficiários do programa em 2023, resultou no bloqueio, em um balanço anual, de quase 840 mil titulares. Entenda o que está acontecendo.

Em 2023, a revisão de cadastros levou à redução no número de famílias que recebem o benefício. Em janeiro, cerca de 21,9 milhões de domicílios eram atendidos. Em dezembro, o número caiu para pouco mais de 21 milhões. Uma queda de cerca de 840 mil.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), as inconsistências no cadastro, sejam elas de renda ou composição familiar, foram o principal motivo para o cancelamento dos benefícios.

Pente-fino do Bolsa Família

A intenção principal do pente-fino é corrigir distorções no Cadastro Único (CadÚnico), o qual é a porta de entrada para programas sociais do governo federal, como o Bolsa Família.

Segundo dados fornecidos via Lei de Acesso à Informação, entre os meses de março e dezembro do último ano foram retirados do programa 8.423.205 beneficiários.

O que explica o cancelamento do Bolsa Família?

Algumas razões explicam o cancelamento do Bolsa Família, segundo o governo federal esse desligamento pode ocorrer devido:

Ausência de movimentação ou saque do benefício;
Desatualização cadastral;
Prestação de informações incorretas;
Renda acima da declarada.

O principal público alvo do pente-fino do Bolsa Família nos últimos tempos foram as famílias unipessoais, aquelas compostas por uma única pessoa. Isso porque, os sistemas indicaram que essas pessoas possuíam renda superior ao valor permitido de R$ 218 por pessoa.

Diante disso, grande parte desses grupos foram excluídos não só do Bolsa, mas de outros programas sociais que são acessados por meio do CadÚnico. No caso da desatualização cadastral, a regra exige que esse processo seja feito obrigatoriamente a cada dois anos, ou sempre que houver mudança na família.

FONTE FDR

Aposentadorias do INSS tem reajustes CONFIRMADOS beneficiando milhares de brasileiros

Aqueles que se beneficiam do pagamento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) devem estar atentos às mudanças no repasse. Para 2024, um reajuste no teto salarial vai passar a ser adotado. Os primeiros valores serão liberados no começo do mês de fevereiro. Confira mudanças e datas.

O mesmo índice que reajusta o teto do INSS também é usado para aumentar o salário de quem ganha mais do que o piso, mesmo que não alcance o limite. Veja mudanças detalhadas, em números, abaixo:

Teto de 2023: R$ 7.507,49;
Teto de 2024: R$ 7.786;
Reajuste de 3,71%.

Os únicos que não terão o acréscimo de 3,71% em seus pagamentos são os aposentados ou pensionistas que passaram a receber salário do INSS ao longo de 2023.

Vale lembrar que o reajuste do teto do INSS segue como referência o resultado do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) dos últimos 12 meses, ou seja, a inflação oficial de 2023.

O reajuste será aplicado a partir de 1º de fevereiro, quando os aposentados e pensionistas começam a receber os benefícios referentes a janeiro. Atualmente, a Previdência atende a 39 milhões de beneficiários, dos quais 26 milhões recebem o salário mínimo, que será de R$ 1.412 em 2024.

Motivo dos reajustes do INSS

De acordo com o reajuste aplicado no INPC, diversos nichos da sociedade são impactados. Entre eles, está o INSS, que já está realizando os seus pagamentos com a definição de novos valores. O Benefício de Prestação Continuada (BPC) foi um dos positivamente impactados. Confira calendário abaixo:

Até 1 salário mínimo

Final 1: 25 de janeiro;
Final 2: 26 de janeiro;
Final 3: 29 de janeiro;
Final 4: 30 de janeiro;
Final 5: 31 de janeiro;
Final 6: 01 de fevereiro;
Final 7: 02 de fevereiro;
Final 8: 05 de fevereiro;
Final 9: 06 de fevereiro;
Final 0: 07 de fevereiro.

Acima de 1 salário mínimo

Finais 1 e 6: 01 de fevereiro;
Finais 2 e 7: 02 de fevereiro;
Finais 3 e 8: 05 de fevereiro;
Finais 4 e 9: 06 de fevereiro;
Finais 5 e 0: 07 de fevereiro.

FONTE FDR

Idoso que NUNCA contribuiu para o INSS pode garantir renda fixa pelo governo

Você sabia que idosos com mais de 65 anos, mesmo sem contribuição, podem receber pagamento do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social)?. Trata-se do BPC (Benefício de Prestação Continuada), auxílio que ajuda na sobrevivência digna de pessoas que vivem em situação de baixa renda. Entenda.

Vale lembrar que apenas idosos e pessoas com deficiência (PCD’s) de baixa renda têm direito. O BPC é pago a beneficiários cuja renda familiar não ultrapassa um quarto do salário mínimo vigente por pessoa. Em 2023, esse limite corresponde a R$ 330 (25% de R$ 1.320).

Sendo um auxílio assistencial, não é necessário comprovar que contribuiu ao INSS para recebê-lo. Por isso, o alcance do benefício é maior.

Liberação de salário para idosos no INSS

O pagamento é de 1 salário mínimo por mês, o que em 2023 significou R$ 1.320. Por se tratar de um benefício social não dá direito a 13º salário, e também não deixa pensão por morte. Mas permite a contratação de empréstimo consignado, comprometendo até 30% do salário para pagar o crédito.

Podem receber o BPC aqueles que:

Estão inscritos no Cadastro Único;
São idosos com mais de 65 anos de idade;
Possuem renda familiar de até 1/4 do salário mínimo por pessoa;
Não têm outra fonte de renda;
Pessoas com deficiência de qualquer idade, desde que a incapacidade seja comprovada.

Como receber o BPC pelo INSS?

Para dar entrada no pedido do BPC e receber um salário mensal pelo INSS é preciso passar por duas análises. Funciona assim:

Compareça até o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) da sua cidade;
Faça a inscrição no Cadastro Único;
Responda ao questionário socioeconômico com informações como: estado civil, endereço, renda, fonte de renda, composição familiar, e outros;
Finalize.

FONTE FDR

BOLSA FAMÍLIA 2024: veja como funciona a atualização de informações no CRAS

O programa Bolsa Família, relançado pelo Governo Federal em 2023, é uma iniciativa crucial que garante uma renda mínima para mais de 21 milhões de famílias em todo o Brasil. Recentemente, foi implementado um processo de aprimoramento, convocando os beneficiários a comparecerem nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) para a realização de uma atualização cadastral. Essa ação visa aprimorar a eficácia do programa, garantindo que a assistência financeira seja direcionada apenas àqueles que realmente necessitam.

A importância da atualização cadastral no Bolsa Família

Parte integrante do processo de aprimoramento do Bolsa Família é a realização de um “pente fino” na lista de famílias atendidas. Para isso, os beneficiários são convocados a realizar a atualização periódica do Cadastro Único (CadÚnico) nas unidades do CRAS mais próximas de suas residências. Essa medida tem como objetivo garantir que o pagamento mensal de pelo menos R$ 600 seja efetuado exclusivamente para cidadãos que se encaixam nos critérios estabelecidos pelo programa.

Passo a passo para atualização do Bolsa Família

O processo de atualização cadastral do Bolsa Família é simples, mas essencial para a continuidade do recebimento do benefício. O responsável familiar deve comparecer pessoalmente a uma unidade do CRAS, munido dos seguintes documentos:

  • RG
  • CPF
  • Comprovante de residência
  • Título de eleitor
  • Certidão de nascimento ou casamento

Recomenda-se que esse procedimento seja realizado anualmente ou sempre que houver alterações nas informações cadastrais.

Suspensão do pagamento e regularização do CPF

Uma novidade deste ano é a suspensão do pagamento para famílias que possuam algum membro com CPF irregular. Essa medida faz parte de uma rigorosa fiscalização entre os beneficiários do Bolsa Família. Para que o pagamento seja retomado, é necessário resolver a pendência junto à Receita Federal.

Cruzamento de dados para prevenir fraudes

Outra iniciativa importante implementada a partir deste ano é o cruzamento de dados entre as informações do CadÚnico e os registros da Receita Federal. Esse procedimento visa a impedir possíveis fraudes, garantindo que o benefício seja destinado corretamente e evitando qualquer desvio de recursos.

Agendamento no CRAS

Para agendar um atendimento no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), existem duas opções: a primeira é por telefone, entrando em contato com a unidade mais próxima e solicitando informações sobre o procedimento. Essa opção é útil para aqueles que não têm acesso à internet ou preferem realizar o agendamento de maneira direta.

A segunda opção é o agendamento online. Para marcar seu atendimento de forma online, acesse o site da prefeitura da sua região e procure pelo link do sistema de agendamento. Através desse sistema, você pode selecionar a data e horário que melhor se adequam às suas necessidades.

Dicas para uma atualização responsável

  • Realize a atualização cadastral anualmente ou sempre que houver alterações nas informações cadastrais.
  • Compareça pessoalmente ao CRAS, munido de todos os documentos necessários.
  • Verifique a regularidade do CPF de todos os membros da família para evitar a suspensão do pagamento.
  • Mantenha seu cadastro atualizado para garantir que o benefício seja destinado corretamente.

Agende seu atendimento e garanta a continuidade de seu benefício

A atualização cadastral no Bolsa Família é uma etapa vital para garantir que o programa atenda efetivamente às necessidades daqueles que mais precisam. A transparência e a eficiência desse processo contribuem para a continuidade do benefício, fortalecendo o compromisso do Governo Federal em combater a desigualdade e promover uma distribuição justa de recursos. Ao seguir as recomendações e realizar a atualização de forma responsável, os beneficiários contribuem para o sucesso contínuo do Bolsa Família e para o alcance dos objetivos sociais propostos pelo programa.

Lembre-se de sempre manter seus dados atualizados e comparecer ao CRAS dentro do prazo estabelecido. A atualização cadastral é um direito e uma responsabilidade de todos os beneficiários do Bolsa Família. Não deixe de agendar seu atendimento e garantir que sua família continue recebendo o auxílio financeiro necessário.

FONTE NOTÍCIAS CONCURSOS

INSS inicia o ano confirmando NOVOS salários para aposentados e pensionistas

O INSS está iniciando 2024 confirmando o pagamento de novos valores para os aposentados e pensionistas do órgão federal. Desta forma, é fundamental manter registro para que não hajam surpresas na data de pagamento. Portanto, veja abaixo quais serão os novos valores pagos.

Neste ano, os pagamentos para 2024 do INSS serão reajustados. Isto deve ocorrer devido ao aumento registrado no salário mínimo. Após aprovação da Lei Orçamentária Anual, o novo valor do piso salarial foi definido pelo governo federal. Com a mudança, o valor do piso será de R$ 1.412, com um aumento de R$ 92,00.

Tendo em vista este ajuste, é fundamental que os brasileiros estejam atentos aos novos pagamentos que serão emitidos pela Previdência Social. Até o momento, já existe um calendário de pagamentos para o mês de janeiro em vigor e é importante que os cidadãos mantenham esta informação sob bastante atenção.

Confira abaixo o calendário oficial de pagamentos utilizado pelo INSS em janeiro

Com o aumento do salário mínimo, os cidadãos que recebem o piso da aposentadoria terão um reajuste nos valores mensais. Isto também deve acontecer para as pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), auxílio acidente e outros auxílios que utilizam o piso como base.

Para verificar quando o seu pagamento será realizado, é essencial utilizar o penúltimo dígito do seu cartão do benefício. Veja abaixo o calendário para janeiro de 2024:

Pagamentos realizados até um salário mínimo:

Final 1: 25 de janeiro;
Final 2: 26 de janeiro;
Final 3: 29 de janeiro;
Final 4: 30 de janeiro;
Final 5: 31 de janeiro;
Final 6: 01 de fevereiro;
Final 7: 02 de fevereiro;
Final 8: 05 de fevereiro;
Final 9: 06 de fevereiro;
Final 0: 07 de fevereiro

Pagamentos realizados acima de um salário mínimo:

Finais 1 e 6: 01 de fevereiro;
Finais 2 e 7: 02 de fevereiro;
Finais 3 e 8: 05 de fevereiro;
Finais 4 e 9: 06 de fevereiro;
Finais 5 e 0: 07 de fevereiro

FONTE FDR

about

Be informed with the hottest news from all over the world! We monitor what is happenning every day and every minute. Read and enjoy our articles and news and explore this world with Powedris!

Instagram
© 2019 – Powedris. Made by Crocoblock.