Conselheiro vai receber R$ 1 milhão da Lei Paulo Gustavo para aplicar na cultura

A Lei Paulo Gustavo, que vai destinar R$ 3,8 bilhões para ações no setor cultural, vai beneficiar Minas Gerais com R$ 380 milhões. O município de Conselheiro Lafaiete vai ser contemplado com R$ 1.085.488,16. O senador Alexandre Silveira (PSD/MG) foi o relator da proposta.

O senador destacou a importância dos recursos para os municípios mineiros. “São recursos fundamentais que serão implementados ainda esse ano. As cidades de Minas Gerais vão receber os recursos de acordo com o número de habitantes. O setor cultural sofreu muito na pandemia. A cultura além de história da nossa gente, é também geração de emprego e renda. E esse recurso impulsiona a economia”, ressaltou Alexandre Silveira.

Dos R$ 380 milhões previstos pra Minas, R$ 182 milhões serão repassados diretamente ao governo estadual. Os outros R$ 177 milhões, serão divididos entre os municípios mineiros. Para além do montante, que será importante para a retomada do setor cultural nesse pós-pandemia, a descentralização de recursos é a principal vantagem do projeto.

O dinheiro das transferências é proveniente do superávit financeiro de receitas vinculadas ao Fundo Nacional de Cultura e será operado diretamente pelos municípios.

Aloisio Rezende destaca recurso de R$ 750 mil para saúde de Lafaiete que já está na conta do município

Já estão na conta do município de Conselheiro Lafaiete os recursos no valor de R$ 750 mil intermediados pelo pré-candidato a deputado estadual, Aloísio Rezende junto ao deputado federal Charlles Evangelista, ambos do Progressistas para atender a área de saúde.
Foram destinados R$ 500 mil para a Clínica Santo Antônio que presta relevantes serviços aos pacientes que fazem hemodiálise, residentes em Conselheiro Lafaiete e na região. O recurso está no Fundo Municipal de Saúde e será encaminhado ao Hospital e Maternidade São José que deverá adquirir insumos que posteriormente serão repassados à Clínica Santo Antônio.
Outro recurso que está na conta do Fundo Municipal de Saúde no valor de R$ 250 mil será destinado ao Hospital São Camilo. “Sabemos das dificuldades na área de saúde e por isso não vamos medir esforços para o município e a região seja beneficiada com mais recursos visando melhorar o atendimento à população”, afirmou Aloísio Rezende que agradeceu o empenho do deputado federal Charlles Evangelista que destinou a emenda.

Mais investimentos: cidades da região crescem na receita do ICMS Cultural; Entre Rios foi que mais evoluiu em 2022

Santana dos Montes, Queluzito, Piranga, Itaverava, Lafaiete e Catas Altas da Noruega obtiveram expressiva evolução na pontuação

O Instituto Estadual de Patrimônio Histórico (IEPHA) divulgou ontem (20) a pontuação provisória do ICMS Cultural das prefeituras de Minas Gerais. A pontuação definitiva será publicada em julho. Os repasses financeiros aos municípios que pontuaram no programa, relativo ao ano de 2022, serão feitos ao longo do ano de 2023.

O ICMS Patrimônio Cultural é um programa de incentivo à preservação do patrimônio cultural do Estado, por meio de repasse dos recursos para os municípios que preservam seu patrimônio e suas referências culturais através de políticas públicas relevantes.  O programa estimula as ações de salvaguarda dos bens protegidos pelos municípios por meio do fortalecimento dos setores responsáveis pelo patrimônio das cidades e de seus respectivos conselhos em uma ação conjunta com as comunidades locais.

Pontuação

Nos mais de 20 municípios da região, apenas Cristiano Otoni regrediu na pontuação. No restante das cidades houve uma significativa evolução o que repercute em mais investimentos no setor cultural. Congonhas, Lafaiete, Entre Rios, Piranga e Belo Vale lideram o ranking regional. As menos pontuadas são Lamim, Capela Nova e São Brás e Caranaíba.

Entre Rios foi a mais cresceu na região saltando de 10,84 para 23,31. Santana dos Montes, Queluzito, Itaverava, Lafaiete e Piranga obtiveram expressiva evolução na pontuação.

Confira tabela abaixo:

Ouro Preto e Mariana entram na concorrência para receber nova fábrica da Heineken

Após a desistência da Heineken de construir sua fábrica em Pedro Leopoldo, na região metropolitana de Belo Horizonte, várias cidades mineiras estão fazendo campanhas para receber a cervejaria. Depois das prefeituras de Ouro BrancoConselheiro Lafaiete, São João Del Rei, Itabirito, São Brás do Suaçuí, Barbacena, de manifestarem, Ouro Preto e Mariana também entraram no páreo para receber a nova unidade da cervejaria.

Mariana se manifestou no sábado, 18 de dezembro, através do prefeito interino Juliano Duarte (Cidadania), que publicou o interesse nas suas redes sociais: “Heineken, Mariana está te esperando! Estamos no páreo para receber a instalação da cervejaria Heineken em nossa cidade. Fizemos o credenciamento que, se aprovado, trará inúmeros benefícios econômicos para o nosso município, como a geração de empregos e o reconhecimento do potencial de Mariana para a instalação de grandes indústrias. Sem contar que a parte da população marianense que gosta de uma gelada também receberá essa novidade de copos na mesa!”

“O município de Ouro Preto também entrou na concorrência e manifestou seu interesse em receber a fábrica da Heiniken. A Secretaria de Patrimônio e Cultura juntamente com a Secretaria da Fazenda realizaram um levantamento das possíveis áreas do município e os documentos já foram entregues aos gestores da empresa”, publicou a prefeitura nas redes sociais.

A cervejaria ainda não escolheu o terreno para construção da nova unidade, mas salientou que o desejo é de realizar a nova instalação em Minas Gerais. A concorrência é grande, várias outras cidades mineiras também estão fazendo campanha para ser a nova casa de uma das unidades da Heineken, como Juiz de Fora, Patos de Minas, Arcos, Lagoa da Prata, Formiga, Divinópolis e Cordisburgo.

  • Mais Minas

Manifestantes pedem instalação de fábrica da Heineken em Pedro Leopoldo

Manifestantes fizeram um ato na manhã deste domingo (19), na praça da Prefeitura de Pedro Leopoldo, na região metropolitana de Belo Horizonte, para pedir que a fábrica da cervejaria Heineken seja construída na cidade.

A empresa anunciou que desistiu de construir o empreendimento no município, após a obra ser embargada na Justiça, a pedido do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), que argumentou que a instalação da cervejaria no terreno pretendido poderia gerar um grande impacto ambiental. 

O ato deste domingo teve o apoio de moradores e autoridades de Pedro Leopoldo. A expectativa era de um investimento da ordem de R$ 1,8 bilhão por parte da Heineken. Segundo a vice-prefeita e secretária de Planejamento Urbano da cidade, Ana Paula Santos, a previsão é de que cerca de 1.000 empregos também fossem gerados e por isso, mesmo com o anúnico da desistência por parte da empresa, a prefeitura ainda tenta conversar com a cervejaria. 

“A vinda dela nos trouxe uma esperança muito boa, porque a Heineken não vem sozinha, tem outras empresas prestadoras de serviço também. O que a população mais precisa hoje é de emprego e a gente viu uma grande oportunidade na instalação. Por isso a gente está lutando até a última hora. Enquanto existir 1% de chance a gente está lá pedindo para que fiquem”, disse. 

Ana Paula explica que após o ato, a prefeitura vai encaminhar um manifesto para a Heineken pedindo a permanência da empresa na cidade e a ideia é tentar marcar uma reunião com representantes da empresa.

“A gente vai mandar o manifesto pra eles e chamar para uma conversa para que a gente entenda o que a empresa está pensando. Queremos ver se eles não tem interesse em outra área, ou até mesmo naquela, porque a gente acredita que dá para chegar em um meio termo e compatibilizar a implantação da empresa com a preservação ambiental”, disse. 

Região

O anúncio da desistência da Heineken de implantar uma fábrica em Pedro Leopoldo já chamou a atenção da Prefeitura de Juiz de Fora, na Zona da Mata, como também de Itabirito, Lafaiete, São Brás do Suaçuí, Ouro Branco, São João Del Rei dentre outras. 

Entenda o caso 

A construção da fábrica da Heineken em Pedro Leopoldo foi anunciada em dezembro de 2020 e comemorada pelo governo de Minas, diante da perspectiva de um investimento de R$ 1,8 bilhão no Estado.  

A empresa formalizou o pedido de licenciamento ao governo mineiro em junho deste ano, segundo a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), e recebeu autorização para iniciar as obras dois meses depois. A secretaria afirma que, segundo as informações apresentadas pela empresa, não haveria indício de dano irreversível às cavidades da Lapa Vermelha.

Já o ICMBio avaliou que as informações apresentadas pela Heineken foram insuficientes e que a obra pode ter potencial de impacto ambiental, por isso aguarda novos dados da empresa. No último mês, o Ministério Público também abriu inquérito civil para apurar possíveis impactos ao patrimônio cultural da região com a instalação da fábrica.

A principal preocupação do MP era com o sistema hidrológico da região. Além disso, o órgão alegava temor em relação a impactos negativos e poluidores do sítio arqueológico. Bem próximo do local em que seria construída a fábrica foi descoberto o crânio de Luzia, fóssil humano mais antigo das Américas. O MP, inclusive, chegou a recomendar à Semad a suspensão da licença. 

Na semana passada, a pasta informou que não aceitou a recomendação, mantendo a licença, mas que realizaria uma construção conjunta com o MP para se chegar à melhor definição para o caso. 

  • O Tempo

E a região? Juiz de Fora pode levar fábrica da Heineken para a cidade na Zona da Mata

A Prefeitura de Juiz de Fora tem se movimentado para levar a fábrica da Heineken para a cidade, na Zona da Mata. A notícia foi confirmada pela prefeita Margarida Salomão (PT), durante coletiva de balanço do primeiro ano de gestão. 

Ela informou que um dossiê está sendo preparado pela Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Inclusivo da Inovação e Competitividade, para ser apresentado para a cervejaria. Recentemente, a Heineken desistiu de instalar a fábrica em Pedro Leopoldo, Região Metropolitana de Belo Horizonte. 

Segundo Margarida Salomão, a administração está se movimentando para trazer a cervejaria, apresentando as condições competitivas e favoráveis que Juiz de Fora pode oferecer. Apesar do esforço, a definição da localidade da nova fábrica da cervejaria só deve sair em fevereiro.

Cidade da região entra na briga pela instalação da fábrica da Heineken

A cervejaria Heineken desistiu de construir sua fábrica em Pedro Leopoldo, na região metropolitana de Belo Horizonte, e disse que vai anunciar, em breve, o local da nova sede, que será mantida em território mineiro.

Por meio de um comunicado enviado à imprensa nessa segunda-feira, 13 de dezembro, o grupo que comanda a marca disse que a decisão foi tomada após meses de diálogos e considerou “os diferentes entendimentos de órgãos envolvidos e da sociedade em geral, relacionados à proximidade do atual terreno com uma importante área de preservação ambiental e arqueológica da região”.

An employee lifts bottles of Heineken beer from the production line at the Heineken NV brewery in Saint Petersburg, Russia, on Wednesday, Nov. 18, 2015. Heineken reported estimate-beating sales growth boosted by a warm European summer as the world’s third-largest brewer prepares to become a distant number two. Photographer: Andrey Rudakov/Bloomberg via Getty Images

O projeto da fábrica da Heineken ficava a cerca de 800 metros da região da Lapa Vermelha, onde o crânio de Luzia, o fóssil humano mais antigo das Américas, foi descoberto, em 1975.

Com isso, a Prefeitura de Ouro Branco iniciou uma campanha para a Heineken instalar a sua nova unidade na terra da batata. “Nossa equipe já fez contato com a empresa apresentando informações da cidade e os benefícios de ter uma fábrica em uma localização tão privilegiada, hospitaleira e claro, que adora Heineken”, disse a administração municipal através de suas redes sociais.

“Venha, Heineken, unir o útil ao agradável: Ouro Branco é o que há, Ouro Branco é o seu lugar!”, finaliza o comunicado da Prefeitura de Ouro Branco.

about

Be informed with the hottest news from all over the world! We monitor what is happenning every day and every minute. Read and enjoy our articles and news and explore this world with Powedris!

Instagram
© 2019 – Powedris. Made by Crocoblock.