21 de julho de 2024 15:49

Boa notícia! Trem turístico Rio-Minas deve começar a operar ainda esse ano

Apaixonados por trem terão em breve mais uma opção de turismo ferroviário, e dessa vez entre dois estados! O primeiro trecho do trem turístico que liga os estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais ficou pronto e a previsão é que a primeira viagem seja realizada em dezembro.

O percurso de 37 km que já está reformado vai de Três Rios (RJ), passando por Chiador (MG) e chegando a Sapucaia (RJ). No total, o projeto prevê um trajeto de 168 km, com duas cidades no Rio de Janeiro (Três Rios e Sapucaia) e outras seis cidades mineiras: Chiador, Leopoldina, Recreio, Volta Grande, Além Paraíba e Cataguases. Ainda não há previsão de quando o trecho completo será entregue.

Trem turístico Rio-Minas

O projeto do trem turístico Rio-Minas foi idealizado em 2016 e a expectativa era começar a operar em 2018, mas apenas em 2021 a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou a reestruturação do trecho inicial, que ficou pronto só agora pelo valor de R$ 45 milhões, custeado pela Ferrovia Centro-Atlântica, concessionária da ferrovia.

Segundo o planejamento da ONG Amigos do Trem, responsável pela iniciativa, esse primeiro trecho era para ter sido entregue em dezembro do ano passado, com a expectativa de que a primeira viagem fosse realizada em fevereiro deste ano. As obras que começaram em junho de 2022, no entanto, atrasaram, por diferentes motivos: chuvas, enchentes, furto de trilhos e material, entre outros.

Apesar de já ter 37 km de trilhos prontos para uso, o Trem Rio-Minas ainda aguarda para ser inaugurado – é preciso a assinatura do Contrato de Operação Específico para começar a trafegar, documento que precisa ser validado pela ANTT.

“Já recebemos a minuta do contrato e enviamos para a ANTT, que se comprometeu a devolver rápido. E o prazo é para começar a operar em dezembro”, afirmou Cyntia do Nascimento, presidente da ONG.


Partes do trecho reformado

A linha por onde vai passar o trem turístico estava desativada desde 2015, mas em 2018 um teste chegou a ser realizado. O trajeto de 168 km entre Três Rios e Cataguases vai passar por belas paisagens cercada de montanhas e outras atrações, em um caminho com muita história: os trilhos eram usados principalmente para o transporte de café no início do século XX. Em Chiador, para se ter uma ideia, o trem vai passar pela histórica estação Penha Longa, que foi inaugurada por Dom Pedro II em 1869.

A expectativa é que o movimento turístico nessas regiões aumentem bastante assim que o Trem Rio-Minas comece a operar, gerando mais receita para as cidades. Chiador e Sapucaia já finalizaram a revitalização das suas estações ferroviárias, enquanto Três Rios construiu uma nova estação.

Reforma dos vagões

Enquanto o projeto não sai do papel, a equipe da ONG Amigos do Trem continua com o trabalho de manutenção das locomotivas e vagões para que eles fiquem de acordo com as diretrizes da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

“Nossos carros estão passando por processos de funilaria, pintura, manutenção das janelas e ajustes estéticos, tudo para garantir a máxima segurança e conforto aos futuros turistas”, diz a ONG em sua página no Facebook.

O Trem Rio-Minas vai ter 15 vagões, sendo 13 de passageiros (além de um vagão-cozinha e um vagão-restaurante), com capacidade para transportar mais de 900 pessoas por dia.

Com o dinheiro que deve arrecadar assim que o trem turístico começar a operar, a Amigos do Trem acredita que poderá dar sequência da revitalização dos outros trechos do projeto. “Alto Paraíba está próximo (de ficar pronto), aos poucos vamos estendendo os trechos”, disse a presidente da ONG.

Eu já estou na expectativa de ver esse trem turístico em ação, e vocês?

FONTE MELHORES DESTINOS

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade