26 de maio de 2024 05:59

Corpo de engenheiro é encontrado a 7 metros de profundidade após mais de 4 meses de buscas

O corpo do engenheiro civil Cristiano Jorge Dias, de 42 anos, da Reframax, uma terceirizada da Vale, foi encontrado em bom estado de conservação pelo Corpo de Bombeiros, nessa terça-feira (4), após 131 dias de busca em Brumadinho. Cristiano faria 43 anos no dia 7 de fevereiro, e deixa um filho.

De acordo com a Polícia Civil, o corpo estava soterrado a 7 metros de profundidade. As buscas continuarão por tempo indeterminado. Ainda existem 24 pessoas desaparecidas.

Nessa terça-feira, às 19h, o corpo deu entrada no Instituto Médico Legal (IML), no bairro Nova Gameleira, região Oeste de Belo Horizonte.

“O corpo estava relativamente preservado”, afirma Thales Bittencourt, médico legista e Superintendente de Polícia Técnico Científica. “Ele tinha uma tatuagem no ombro, até muito bem preservada. Contudo, a família não havia deixado material suficiente para que ele fosse identificado por ela. A papiloscopia, através da impressão digital, também não foi possível. O corpo foi identificado pela odontologia legal, através da arcada dentária”, explica.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a identificação foi concluída às 23h do mesmo dia. “Optamos, claro, para fazer o contato com a família no início da manhã, para evitar esse tipo de notícia no meio da madrugada. A família já foi notificada e dará início para os procedimentos para a retirada do corpo”, completou Bittencourt.

Longe do fim

O tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros, explicou que as buscas continuam ininterruptas. “Estamos com 132 dias de operação, e com avanços importantes. Atingimos um patamar de 90% de pessoas localizadas”.

Os estudos para chegar até às vítimas são bem profundos. “Foram feitas entrevistas com moradores da região, câmeras de segurança, estudo de objetos que foram encontrados durante as escavações. Pelo nível de detalhamento, já temos um perfil de cada uma dessas 24 pessoas que permanecem desaparecidas”, explica o tenente.

“Em relação ao término das buscas, ainda permaneceremos sem previsão. O trabalho tem se mostrado muito efetivo. Nos últimos sete dias, fizemos a localização de oito segmentos corpóreos”, completa.

BHAZ – Jornalista Vitor Fernandes

Facebook + CBMMG/Divulgação

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade