Estudantes de cidades da região relatam medo, apreensão, tentativas de assaltos e cobram segurança na MG 482

Somente esta semana, foram 4 tentativas aos ônibus dos universitários aumentando a insegurança e apreensão

Os estudantes das cidades de Piranga, Porto Firme e Presidente Bernardes que se deslocam a Viçosa (MG) passam diariamente por momentos de tensão na MG 482 com o medo de assaltos.

O percurso é feito por ônibus escolares o deslocamento a cidade universitária é feito a noite. Muitos alunos enfrentam a rotina diária do trabalho e buscam novas perspectivas profissionais em escolas técnicas e faculdades.

Os lugares mais visados são em subidas nas localidades do Lixão e Piuna, em Porto Firme, quando sempre bandidos de motos tentam interceptar os veículos em tentativas de assaltos quase sempre no retorno dos alunos as suas casas, já depois das 22:30 e aproveitam que a rodovia está menos movimentada.

“Quando chegamos a estes locais todos os estudantes ficam apreensivos com a possibilidade de investidas de ladrões em moto. Muitas das vezes os motoristas usam suas habilidades tentam escapar dos bandidos”, contou uma estudante, amedrontada nas viagens diárias.

Já ocorreram roubos e assaltos no percurso e para não serem lesados os estudantes evitar levar notebooks para as salas de aulas. “Já faz algum tempo que não roubam porém fazem tentativas. Neste ano, quarta-feira na semana do carnaval duas motos fizeram uma tentativa de roubo ao micro ônibus de Porto Firme, mas graças a Deus sem sucesso devido a união dos motoristas”, assinalou a estudante, mas relata que o medo permanece nas viagens.

Os estudantes pedem mais segurança na estrada e fiscalização para inibir as ações criminosas. “Só queremos segurança, poder ir e vir sem medo. Infelizmente o medo é perturbador”, contou, comentando que os estudantes ficam em alerta em qualquer sinal de movimentação estranha de carro ou moto na rodoviária.

, , , , , , ,

Últimas Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade

© 2023 – Criado por  Dr. Hosting Brasil.