Trabalhadores da CSN deflagram greve por aumento salarial

Nesta quinta-feira, 31 de março de 2022, iniciou uma paralisação dos trabalhadores da CSN Mineração, para reivindicar melhorias das condições de trabalho,
PLR, plano de cargos e salários, um reajuste real, aumento no cartão alimentação e não só isso, uma vida digna.

Os trabalhadores não têm um piso salarial, PLR, plano de carreira, não têm nada! A empresa cresceu em mais de 300%.

Nesse sentido, o nosso sindicato está ajudando no processo de mobilização que já vem sendo feito pelos trabalhadores para potencializar essa luta e, desde já, reivindicar pagamento dos dias parados, não ter nenhum ataque ao conjunto dos trabalhadores e apresentar uma proposta para o conjunto dos trabalhadores e trabalhadoras da CSN.

Para todo esse processo de mobilização, de paralisação e de greve, é de extrema importância que os companheiros e companheiras estejam juntos. Como na unidade do Pires, que estão fazendo há mais de dois dias, parando por dentro da empresa.

O nosso sindicato já está conversando com todos os companheiros que queiram lutar.

Além disso, chamamos os companheiros de outras unidades para que façam o mesmo. Já estamos em unidade com o Sindicato dos Portuários e com a oposição metalúrgica de Volta Redonda, para uma campanha unificada, mas não só na mesa de negociação, como, também nas lutas e nos materiais.

Já em resultado dessa primeira mobilização, temos uma primeira vitória. A CSN pressionada, agendou uma reunião de negociação às 15 horas, onde, nós, apresentaremos as reivindicações da categoria e aguardaremos uma resolução positiva do conflito gerado pela empresa.

Dessa forma, o Sindicato Metabase Inconfidentes está à disposição dessa luta.

, , , , ,

Últimas Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade

© 2023 – Criado por  Dr. Hosting Brasil.