16 de abril de 2024 23:33

Prefeitos protestam e pedem retirada de veículos pesados da BR-040 para diminuir acidentes

A BR-040 é palco de constantes acidentes e prefeitos se reuniram para pressionar pela melhora da segurança da pista

Prefeitos de dez cidades mineiras participaram nesta terça-feira (14/11) de um protesto contra os acidentes recorrentes nas BRs 040 e 356, perto de Itabirito, na Região Central de Minas Gerais. Intitulado “Ato em defesa da vida”, o movimento seria realizado na Praça de Pedágio 9 da BR-040, mas foi feito na porta da prefeitura de Itabirito porque a Via 040, que tem a concessão da rodovia, conseguiu uma liminar judicial impedindo o ato por lá.

Estiveram na reunião os prefeitos de Congonhas, Lafaiete, Ouro Branco, Ouro Preto, Moeda, Belo Vale, Piedade das Gerais, Queluzito , Nova Lima e Cristiano Otoni. Lá discutiram e apresentaram estudos de viabilidade e contagem de tráfego da BR-040.

Conforme o prefeito de Itabirito, cerca de 1,3 mil carretas e caminhões envolvidos na logística de escoamento da produção mineral circulam diariamente pelas rodovias. Por isso, o encontro também foi para cobrar as devidas providências para uma licitação de melhoria da infraestrutura da BR-040, como a construção de um canteiro central e execução de trevos, além do redirecionamento do fluxo de carretas para a ITA-330 e para a MG-030.

O prefeito de Congonhas, Cláudio Antônio de Souza, destaca a importância da reunião. “Uma rodovia que com o passar dos anos não teve a infraestrutura adequada para o volume de tráfego e isso vem comprometendo a vida dos que trafegam na rodovia”, afirma.

Um dos motivos citados pelo prefeito, que acarreta nos inúmeros acidentes na via, são as sujeiras trazidas pelos caminhões de minério, que atrapalham a visibilidade da pista e das placas de sinalização pela poeira e detritos. A intenção dos prefeitos é agilizar o processo para o período de chuva que acontece no fim de ano.

Orlando Caldeira, prefeito de Itabirito fala sobre o redirecionamento do tráfego de carretas. “Esses trechos estão extremamente congestionados, nós queremos ajudar a todos, com certeza encontrando alternativas para novos traçados para essas carretas, com a via do minério, que são vias internas. Para que a gente leve essas carretas o mais próximo da ferrovia, transformando o que nós tínhamos no passado, que era o modal ferroviário para toda essa extração de minério”, aponta.

O prefeito disse que vão procurar os meios cabíveis para que possam ter uma conversa e a possibilidade de acelerar o processo da duplicação da 040. Em razão disso, pedem ajuda do Governo Federal.

“São 100 quilômetros entre o Alphaville e o Lafayette, 100 quilômetros de muito intenso tráfego, se pelo menos esses 100km de imediato o Governo Federal pudesse fazer essa duplicação, eu acredito que esse investimento aí vai ser de muita valia. Que tenha o pedágio e que seja justo, mas que nós façamos essa duplicação evitando a quantidade de acidentes e mortes”, diz.

FONTE ESTADO DE MINAS

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade