13 de abril de 2024 19:42

Dona Jandira vai ser homenageada no Sesc Palladium

O show, em homenagem à Dona Jandira, será no teatro Sesc Palladium, em Belo Horizonte, nesta sexta-feira, 15 de dezembro, às 20h

Dona de uma voz singular e impregnada de emoção, a cantora e violonista Dona Jandira emana gratidão diante das homenagens que tem recebido. Nascida em Maceió, a artista se consagrou nos palcos mineiros, aos 64 anos. No ano passado Dona Jandira organizou uma exposição no Centro Cultural da UFMG para comemorar os 20 anos de sua trajetória profissional, interpretando obras de expressivos compositores do cenário musical brasileiro, como Noel Rosa, Mario Lago, Tom Jobim, Paulinho da Viola, Lupicínio Rodrigues e Chico Buarque. Mas Dona Jandira não se limita a cantar apenas compositores consagrados. Desde a década de 1990, quando morava no charmoso distrito de Itatiaia, em Ouro Branco, a cantora deu voz a novos compositores. Dona Jandira criou o projeto Encontro de Compositores, com o objetivo de promover a integração de compositores e intérpretes, propiciando o crescimento dos valores artísticos e a descoberta de novos talentos.

E para agradecer a generosidade de Dona Jandira, o cantor e compositor Moisés Pescador vai celebrar a vida da intérprete por meio do projeto “Salve o Compositor”, no teatro de bolso do Sesc Palladium, em Belo Horizonte, nesta sexta-feira, 15 de dezembro, às 20h. Dona Jandira foi a responsável por incentivar Moisés a subir em um palco, pela primeira vez, na capital. “Ela foi sempre a maior incentivadora de minha carreira. Dona Jandira representa a minha base. Ela revela a reconexão com nossa ancestralidade africana e traz a cultura popular no querer ajudar, na doação”, explica Moisés.

Outro compositor que também é grato pelas oportunidades proporcionadas pela cantora é Clever Bambú. Morador de Ouro Branco, Bambú teve sua música “Boletim de artista” gravada no primeiro CD de Dona Jandira. Ele também dividiu o palco com a artista na gravação do DVD “Dona Jandira ao Vivo”. O DVD contou com participações de Luiz Melodia, Paulinho Pedra Azul, Sergio Moreira e Marco Lobo. “Dona Jandira, além de uma grande intérprete, tem um coração abençoado e generoso. É uma cantora que todo compositor gostaria de ter uma música cantada por ela”, relata Bambú

O médico, cantor e compositor Alvair Sampaio, de Conselheiro Lafaiete, participou do Encontro de Compositores e cantou com Dona Jandira no programa “Terra de Minas” a canção “Samba em prelúdio”, de Baden Powell e Vinícius de Moraes. “Dona Jandira é uma excelente cantora. Ela brinca com a divisão da música. Essa facilidade de alterar essas divisões traz uma pegada do jazz nas interpretações dela”, analisa Sampaio.   

Em novembro, Dona Jandira foi homenageada no Memorial Vale, na praça da Liberdade.  De acordo com a curadora do Memorial Mulheres Juliana Nogueira, o convite foi feito para que a cantora realizasse o show dela e também para reverenciar uma mulher negra e a representatividade da artista na cena musical de Minas Gerais. “Dona Jandira é uma cantora espetacular. É uma rainha que ocupa o lugar de destaque onde as mulheres devem estar”, argumenta Juliana. 

A professora aposentada Vera Fonseca conhece Dona Jandira há nove anos e reconhece o bom humor da cantora. “Na intimidade, ela é Dona Menina, de sorriso largo. Dona Jandira gosta de brincar, mas sabe enfrentar e resolver as adversidades da vida com maestria”, destaca Vera.

Dona Jandira gravou o CD “Afinidades”, em parceria com o renomado pianista, compositor e arranjador Túlio Mourão. Prestes a completar 85 anos, a cantora fica muito emocionada com as homenagens. “Não tenho palavras para agradecer. Mesmo com poucos recursos, consegui ajudar muitas pessoas com o dom que Deus me concedeu. É um agradecimento eterno. Agradeço a todos os compositores que me deram a oportunidade de interpretar letras belíssimas e melodias que suavizam a lida cotidiana”.

SERVIÇO:

Evento: Salve o Compositor 

Pauta: Moisés Pescador Celebra a Vida de Dona Jandira

Data: 15 dezembro de 2023

Horário: 20h

Local: Sesc Palladium 

Endereço: Rua Rio de Janeiro, 1046, Centro, Belo Horizonte

Ingressos disponíveis no Sympla. ️

https://bileto.sympla.com.br/event/88776

Reportagem: Éverlan Stutz

Fotos/Créditos:

Moisés Pescador pede benção à Dona Jandira

Moisés Pescador e Dona Jandira celebram a música

Fotos: Marcela Dutra

Fotos/Créditos:

A curadora Juliana Nogueira e Dona Jandira no Memorial da Vale

A secretária de cultura de BH Eliane Parreiras e Dona Jandira  

Fotos: Júnia Garrido

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade