24 de abril de 2024 00:32

15 países do mundo que te pagam para morar lá

Se você está pensando em mudar sua vida, porque não aproveitar as oportunidades oferecidas por outros países

Você já pensou em se mudar para outro país? Independente da sua resposta, não dá para negar que mudar de país te trará novas experiências únicas e transformadoras. Contudo, a boa notícia é que nem tudo precisa ser um processo caro, burocrático e assustador.

Isso porque, existem alguns países que lhe pagam muito bem para se mudar para lá, não somente te pagam como oferecem diversos incentivos diferentes. O objetivo? Simples, atrair novos residentes em locais que os governos buscam expandir, o que inclui compensação financeira, incentivos fiscais e até mesmo pedaços de terra de graça.

Talvez você esteja pensando que quando a “esmola é demais” é preciso redobrar a atenção, contudo, muitos países oferecem incentivos pelos mais diferentes motivos, seja para aumentar a população de determinadas áreas, atrair trabalhadores qualificados, ou até mesmo para revitalizar suas zonas rurais.

Dessa forma, seja qual for o motivo de cada nação, o fato é que esses incentivos podem se tornar em uma excelente oportunidade para quem busca iniciar um novo capítulo em suas vidas e de suas famílias. A seguir, vamos conhecer 15 países que te pagam para morar lá.

Países que te pagam para morar lá

Explorar a possibilidade de viver em outro país pode ser uma aventura e tanto, especialmente quando certos destino estão dispostos a oferecer incentivos para atrair novos moradores. Essas iniciativas são oferecidas pelos governos para lidar com a escassez de habilidades específicas, a baixa natalidade e consequentemente declínio populacional, o fortalecimento de ecossistemas de startups e o enriquecimento do setor educacional.

Tais incentivos vão desde subvenções financeiras até benefícios fiscais, com o objetivo de motivar pessoas de todo o mundo a considerarem uma nova vida nesses lugares. Confira os países que oferecem essas possibilidade:

1. Anticítera, Grécia

Esta ilha grega oferece uma oportunidade única para pessoas interessadas em viver na rica história e cultura do Mediterrâneo, com a vantagem de estar entre os poucos habitantes da região.

Incentivo: Para revitalizar sua população em declínio, a Igreja Ortodoxa Grega propõe uma oferta tentadora: uma casa e um auxílio mensal de 500 euros por três anos para quem decidir se mudar para lá e contribuir para o crescimento da comunidade local.

2. Irlanda

A Irlanda proporciona a chance de viver uma vida única em uma de suas belas ilhas costeiras, combinando beleza natural com uma comunidade acolhedora.

Incentivo: Oferece até 84.000 euros para indivíduos e famílias que escolham estabelecer sua vida em uma das ilhas, incentivando a manutenção das tradições e a sustentabilidade das comunidades insulares.

3. Itália

O país é conhecido por sua rica cultura, culinária excepcional e paisagens deslumbrantes, de norte a sul.

Incentivo em Candela: Para combater o esvaziamento de suas charmosas cidades, a Itália, e em particular a cidade de Candela, está oferecendo até 2.000 euros para famílias que se mudarem para lá. Contudo, há um requisito de encontrar emprego localmente com um salário anual mínimo.

4. Suíça (Albinen)

Esta aldeia curiosa da Suíça procura por novos moradores para suas tranquilas e belas paisagens montanhosas.

Incentivo: Famílias dispostas a fazer de Albinen sua casa podem receber até 25.000 francos suíços por adulto e 10.000 por criança, com a condição de comprar uma propriedade e viver na vila por pelo menos uma década.

5. Portugal

Portugal, com suas cidades costeiras e com um idioma fácil para nós brasileiros acaba sendo um ótimo destino para empreendedores e estudantes.

Incentivo: O programa Startup Visa visa atrair fundadores de startups oferecendo vistos de longo prazo, acesso a incubadoras e apoio governamental.

6. Croácia (Legrad)

Esta tranquila cidade croata oferece um refúgio tranquilo e a oportunidade de integrar-se a uma comunidade acolhedora.

Incentivo: Legrad uma cidade da Croácia, tenta reverter sua severa queda populacional oferecendo casas quase que de graça e um incentivo adicional para renovação, focando em atrair jovens famílias para revitalizar a área.

7. Espanha (Ponga)

Em Ponga, uma cidade localizada nas Astúrias, o governo local adotou uma estratégia diferente para reverter a queda populacional, transformando-a literalmente no lugar perfeito para se começar uma nova vida, especialmente para jovens casais em busca de mudanças. Com menos de 800 habitantes, e uma porcentagem menor ainda de jovens, Ponga representa um retrato da zona rural espanhola em risco.

Incentivo: O município oferece 3.000 euros para jovens casais que decidam se estabelecer na vila, adicionando outros 3.000 euros por cada filho que nasça ou se mude para lá. Essa iniciativa tem como objetivo aumentar a população e consequentemente rejuvenescer a comunidade local.

Adicionalmente, o governo espanhol tem um programa Visto de Empreendedor, incentivando a inovação com até US$ 50.000 em financiamento, embora a estadia em Ponga exija um compromisso de pelo menos cinco anos.

8. Áustria

Conhecida por suas paisagens alpinas e rica cultura histórica, a Áustria está buscando atrair talentos globais, especialmente profissionais altamente qualificados que possam contribuir para sua economia dinâmica.

Incentivo: Através do programa Cartão Vermelho-Branco-Vermelho, a Áustria oferece apoio e financiamento, junto com bônus de relocação de alguns empregadores, para facilitar a mudança para o país. Esse cartão é uma porta de entrada para aqueles que buscam oportunidades de trabalho e uma vida de alta qualidade na Áustria.

9. Dinamarca

A Dinamarca é frequentemente citada como um dos melhores lugares para se viver, com um alto nível de felicidade entre os habitantes, sistemas de saúde e educação de excelência e um forte apoio ao empreendedorismo.

Incentivo: O programa Start-Up Denmark é um convite para empreendedores que desejam investir em startups no país. Embora não ofereça financiamento direto, facilita o acesso a subvenções e financiamento público, além de integrar os empresários aos generosos sistemas de segurança social e saúde do país.

10. Estônia

A Estônia tem se destacado como um dos países mais inovadores da Europa, com uma forte presença no setor de tecnologia e um ambiente acolhedor para startups.

Incentivo: O programa e-Residency oferece até US$ 50.000 em financiamento e um visto de um ano para empreendedores interessados em iniciar seus negócios no país, aproveitando a excelente qualidade de vida, educação gratuita e cuidados de saúde acessíveis que a Estônia oferece.

11. Chile

O Chile tem ganhado muito destaque América do Sul nos últimos anos como um hub de inovação e empreendedorismo. Com uma economia estável, baixa taxa de impostos, o país se tornou uma ótima opção para startups e negócios internacionais.

Incentivo: O programa Startup Chile é uma iniciativa pioneira que oferece até US$ 80.000 em financiamento, sem exigir participação acionária, além de um visto de um ano para empreendedores globais dispostos a lançar seus projetos no Chile.

12. Japão

O Japão está buscando estratégias para lidar com a queda populacional e envelhecimento demográfico com novas políticas de imigração e incentivos para trabalhadores estrangeiros qualificados.

Incentivo: O Programa de Revitalização Regional procura atrair pessoas para áreas rurais, oferecendo até US$ 10.000 em financiamento, juntamente com uma nova classe de visto de trabalho qualificado que permite renovações indefinidas, incentivando a longa estadia no país.

13. Canadá

O Canadá é um dos países mais conhecidos do mundo por sua abertura à imigração, diversidade cultural e elevada qualidade de vida. O país busca atrair talentos globais e empreendedores para impulsionar sua economia e inovação.

Incentivo: O programa Start-Up Visa Program do Canadá oferece um caminho para empreendedores que desejam estabelecer startups inovadoras no país, com financiamento de até US$ 50.000 e um visto de um ano.

14. Estados Unidos (New Haven, Connecticut)

New Haven oferece uma combinação única de herança histórica e inovação acadêmica, além de ser a cidade da renomada Universidade de Yale.

Incentivo: A cidade incentiva a mudança de famílias e profissionais através de um empréstimo sem juros de US$ 10.000 para a compra de casas, com bônus adicionais para funcionários públicos e investimentos em eficiência energética. Além disso, oferece mensalidades gratuitas para graduados de escolas públicas locais que escolham cursar o ensino superior.

15. Alasca

O estado do Alasca nos Estados Unidos oferece um estilo de vida único, cercado por natureza selvagem e comunidades acolhedoras.

Incentivo: Todos os residentes do Alasca que vivam no estado por pelo menos um ano e cumpram os requisitos de residência recebem um dividendo anual do Alaska Permanent Fund, cujo valor varia a cada ano.

 

FONTE MEU VALOR DIGITAL

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade