25 de julho de 2024 06:14

Você Pode Ganhar R$ 1.300 Se Tiver Estas Moedas Antigas No Bolso

Algumas moedas de 25 centavos específicas, por terem sido produzidas com erros, podem chegar a valores entre R$ 120 e R$ 160 cada uma. Muitos brasileiros estão carregando verdadeiros tesouros em suas carteiras sem saber. As moedas em questão não são simples moedas comuns do dia a dia, mas sim aquelas que possuem características particulares de cunhagem.

Essa moeda valiosa é a de 25 centavos de 1998 a 2010, que fazem parte da segunda família do Plano Real. Elas continuam válidas e circulam legalmente, o que significa que você pode encontrar uma delas em seu troco quando for ao mercado ou qualquer outro estabelecimento comercial.

Características importantes

É crucial conhecer essas moedas detalhadamente para poder identificá-las com precisão. Seguem algumas delas:

  • Material: bronze sobre aço;
  • Diâmetro: 25,0 mm;
  • Peso: 7,55 g;
  • Espessura: 2,25 mm;
  • Bordo: serrilhado;
  • Eixo: reverso moeda (EH).

Além disso, o desenho de todas essas moedas inclui a efígie de Manuel Deodoro da Fonseca, proclamador da República e primeiro presidente constitucional do Brasil. Este fator não apenas agrega valor histórico, mas também pode aumentar o seu valor numismático.

O que é um reverso invertido

Entender o conceito de reverso invertido é fundamental para qualquer colecionador ou pessoa interessada em numismática. A norma padrão do Brasil é o eixo horizontal (EH), e qualquer discrepância dessa norma pode significar um aumento do valor da moeda. Uma moeda com reverso invertido apresenta o lado oposto de cabeça para baixo quando girado corretamente. Estas são consideradas muito raras e, como consequência, mais valiosas.

O valor de uma moeda com reverso invertido pode variar entre R$ 120 e R$ 160, dependendo do ano de cunhagem. A soma de um conjunto dessas peças raras pode alcançar quase um salário mínimo. Por isso, é crucial saber identificá-las corretamente. Definir valor comercial para essas moedas é algo relativamente complicado, principalmente porque, como foram produzidas como erros durante o processo de cunhagem, não há registros da quantidade de moedas emitidas.

FONTE BENEFÍCIOS HOJE

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade