Corte de verbas na área social e pagamento do 13º preocupam vereadores

11

Os vereadores de Lafaiete manifestaram preocupação com os cortes de verbas para o Centro Referencial Assistência Social (CRAS). O Vereador Fernando Bandeira (PTB) apresentou requerimento cobrando informações detalhadas sobre o financiamento do CRAS, bem como a redução de atividades e corte de oficineiros. “O que eu presenciei visitando os CRAS é que houve uma queda de recursos de mais de 30% para estes programas sociais”, apontou Bandeira.

Corte de verbas na área social e pagamento do 13º preocupam vereadores/CORREIO DE MINAS

O Vereador Sandro José (PSDB) cobrou a implantação de mais CRAS em Lafaiete. “Temos apenas 4 CRAS em Lafaiete. Entendo que estas políticas sociais deveriam estar espalhadas para mais bairros devido sua relevância na inclusão social. Acredito que os cortes são frutos da queda de repasse do Governo Federal”, posicionou. “Este Governo Federal vai acabar com tudo”, disse Pedro Américo (PT), referindo-se ao Governo Federal.

O vereador Darcy da Barreia (SD) exaltou o papel social do CRAS, principalmente para as famílias mais vulneráveis. “Os CRAS exercem um papel muito importante para as famílias e suas atividades e abrangências deveriam ser ampliadas”, assinalou.

13º salário

O Vereador Pedro Américo apresentou requerimento cobrando as presenças dos Secretários de Fazenda (Cláudio Sá) e Administração (Luiz Carlos) para explicarem a adoção de medidas administrativas para contenção de gastos e incremento da receita, manutenção do equilíbrio das contas públicas. Segundo o vereador, há preocupação quanto a garantia do pagamento do 13º salário. “A gente percebe que a prefeitura não está fazendo reserva ou muito menos fazendo cortes para o pagamento do 13º. A gente lembra que no ano passado foi a parcelamento e hoje não temos a garantia se os servidores vão receber este direito”, assinalou.