Suspeitos são presos por roubo em série de veículos em único dia; PCMG apreende barras de maconha e contabilidade do tráfico

Concluídas as investigações de uma série de roubos de veículos ocorrida em Conselheiro Lafaiete (MG), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) efetuou a prisão preventiva de dois suspeitos, de 20 e 22 anos. Também foi cumprido o mandado de internação cautelar de um adolescente, de 17.

Durante a execução da ordem judicial contra o jovem de 17 anos, os policiais localizaram e apreenderam três barras de maconha, 14 papelotes de cocaína, balanças de precisão, celulares, contabilidade relativa ao tráfico de drogas e uma motocicleta com equipamentos roubados.

Os crimes

Os roubos aconteceram no dia 31 de outubro deste ano. Na ocasião, foram subtraídos dois carros, no bairro Barreira. Houve, ainda, tentativa de roubo de outros dois veículos. Conforme levantado, a ação violenta contou com a participação de três indivíduos que utilizando um automóvel clonado, abordaram as vítimas e as retiraram de dentro dos veículos sob ameaça com emprego de arma de fogo.

A ação rápida da Polícia Civil e da Polícia Militar no dia dos fatos já havia resultado na recuperação dos carros roubados. Com o prosseguimento das investigações realizadas pela Delegacia de Polícia Civil em Conselheiro Lafaiete, foi possível identificar os suspeitos e representar à Justiça por medidas contra o trio.  Os dois investigados foram encaminhados ao sistema prisional, e o adolescente para uma unidade socioeducativa.

Polícia Civil prende suspeito de agredir a companheira e espancar motorista; agressor era alvo de linchamento

A Polícia Civil realizou, nesta quarta-feira, a prisão de um suspeito de homicídio tentado contra um motorista, bem como de lesão corporal, na forma da Lei Maria da Penha. Os fatos ocorreram há menos de um mês, quando o investigado teve uma discussão com a companheira. Na ocasião, a pessoa que tentou ajudar a mulher teria sido espancada. Os policiais civis responsáveis pelo caso realizaram as investigações e, após análise de imagens de câmeras de segurança, oitiva de testemunhas, entre outros levantamentos, conseguiram chegar à autoria dos crimes. As agressões ao motorista resultaram em múltiplas fraturas na região da face, como do maxilar e do osso zigomático. A partir dos elementos colhidos, o delegado Roberto Fernando Nóbrega Filho solicitou à Justiça pela prisão preventiva do investigado, que, após expedição do mandado, foi localizado e detido pelos policiais civis. “O receio de fuga ou linchamento do investigado eram grandes, e o Poder Judiciário teve papel decisivo em atender de forma célere a representação pela medida cautelar”, destacou o delegado. Após o cumprimento do mandado, o suspeito foi encaminhado ao sistema prisional e permanece à disposição da Justiça.

O crime aconteceu na madrugada do dia 12 de novembro, o jovem de 19 anos, teria iniciado uma discussão com a companheira, de 33, e passado a agredi-la em uma via pública do município de Lagoa Dourada. Após as agressões, a mulher conseguiu pedir socorro a um veículo que passava pelo local. O motorista, de 51 anos, saiu da caminhonete para tentar auxiliar a mulher, porém teria sido agredido pelas costas pelo jovem, com um soco na cabeça, sem chance de defesa, causando o desmaio dele.

Após a queda, o suspeito continuou as agressões, com vários socos contra a cabeça e o rosto da vítima, mesmo após tentativas da companheira de intervir nos fatos. A mulher foi, então, jogada no asfalto e também recebeu uma série de golpes na cabeça e no rosto. Em seguida, com a mulher caída no chão, o jovem voltou a agredir o motorista com diversos chutes na cabeça, no rosto e no peito. A companheira do suspeito ainda se levantou e tentou impedir que ele acabasse matando o homem, que estava desacordado. Porém, foi jogada novamente no chão e agredida com socos e pontapés no rosto e nas costas. Com a chegada de outras pessoas para tentar socorrer a vítima, o investigado agarrou a mulher pelos braços e fugiu do local dos crimes.

Operação da PCMG recupera 3 carros e prende suspeito envolvido em estelionato, clonagem e adulteração

Durante a manhã desta quinta-feira (30/11), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou uma operação para dar cumprimento a mandados de busca e apreensão nas cidades de Conselheiro Lafaiete e Itaverava, região Central do estado. Durante as buscas, foi recuperada uma caminhonete (furtada em 27 de setembro, na cidade de Divinópolis), um furgão clonado e um veículo utilitário (furtado em 14 de outubro de 2020, na cidade de Conselheiro Lafaiete). Ainda, durante o cumprimento dos mandados, os policiais civis recolheram documentos falsificados, além de peças e documentos de outros veículos furtados, demonstrando o envolvimento do investigado com os crimes.
O suspeito, de 36 anos, é investigado por crimes de estelionato, receptação, adulteração e clonagem de veículos, tendo sido preso em flagrante durante a ação policial. Um segundo indivíduo também foi preso em flagrante durante a operação.

Operação da PCMG recupera 3 carros e prende suspeito envolvido em estelionato, clonagem e adulteração

Durante a manhã desta quinta-feira (30/11), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou uma operação para dar cumprimento a mandados de busca e apreensão nas cidades de Conselheiro Lafaiete e Itaverava, região Central do estado. Durante as buscas, foi recuperada uma caminhonete (furtada em 27 de setembro, na cidade de Divinópolis), um furgão clonado e um veículo utilitário (furtado em 14 de outubro de 2020, na cidade de Conselheiro Lafaiete). Ainda, durante o cumprimento dos mandados, os policiais civis recolheram documentos falsificados, além de peças e documentos de outros veículos furtados, demonstrando o envolvimento do investigado com os crimes.
O suspeito, de 36 anos, é investigado por crimes de estelionato, receptação, adulteração e clonagem de veículos, tendo sido preso em flagrante durante a ação policial. Um segundo indivíduo também foi preso em flagrante durante a operação.

Operação destemantela esquema de aquisição ilegal de medicamentos para fabricação de droga sintética (purple drink)

Uma operação policial em Ouro Preto desmantelou um esquema de aquisição ilegal de medicamentos, resultando na prisão de um homem e na apreensão de produtos utilizados na fabricação da droga Purple Drink. A ação envolveu a Delegacia de Plantão e a Delegacia de Tóxicos, sob a liderança do delegado Maurício Lauria, e continua sob investigação para identificar outros envolvidos.

Na manhã desta terça-feira (28), uma operação coordenada pela Delegacia de Plantão (Deplan) de Ouro Preto, após receber informações cruciais, desarticulou um esquema de aquisição ilegal de medicamentos controlados com receitas falsas. As diligências resultaram na apreensão dos produtos utilizados na fabricação da droga conhecida como Purple Drink.

Os medicamentos, que incluem xaropes à base de codeína, foram encontrados em uma residência pertencente a um menor de idade. A ação conjunta envolveu equipes da Deplan e da Delegacia de Tóxicos da 5ª Delegacia de Polícia Civil, sendo liderada pelo delegado Maurício Lauria. Buscas e apreensões foram realizadas em duas residências na cidade, resultando na prisão de um homem. O menor, que utilizava sua residência para armazenar o material, ainda não foi localizado.

A droga Purple Drink, também conhecida como Lean, Syrup, Sizzurp, Dirty Sprite, Texas tea e Bebida Roxa no Brasil, tem como objetivo simular os efeitos do álcool, como euforia e libertação, sem os efeitos colaterais do álcool. Se consumida em grandes quantidades, pode levar a efeitos adversos como alucinações, sensação de desequilíbrio e convulsões.

Durante a operação, além dos xaropes à base de codeína, foram apreendidos outros medicamentos, incluindo Ritalina, utilizado no tratamento do Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), e Alprazolam, conhecido pelos nomes comerciais Xanax, Apraz, Frontal, entre outros, que potencializam os efeitos do Purple Drink.

O caso permanece sob investigação da Polícia Civil de Ouro Preto, com o intuito de desvendar toda a extensão do esquema ilícito e identificar outros envolvidos. (Sou Notícias)

Operação destemantela esquema de aquisição ilegal de medicamentos para fabricação de droga sintética (purple drink)

Uma operação policial em Ouro Preto desmantelou um esquema de aquisição ilegal de medicamentos, resultando na prisão de um homem e na apreensão de produtos utilizados na fabricação da droga Purple Drink. A ação envolveu a Delegacia de Plantão e a Delegacia de Tóxicos, sob a liderança do delegado Maurício Lauria, e continua sob investigação para identificar outros envolvidos.

Na manhã desta terça-feira (28), uma operação coordenada pela Delegacia de Plantão (Deplan) de Ouro Preto, após receber informações cruciais, desarticulou um esquema de aquisição ilegal de medicamentos controlados com receitas falsas. As diligências resultaram na apreensão dos produtos utilizados na fabricação da droga conhecida como Purple Drink.

Os medicamentos, que incluem xaropes à base de codeína, foram encontrados em uma residência pertencente a um menor de idade. A ação conjunta envolveu equipes da Deplan e da Delegacia de Tóxicos da 5ª Delegacia de Polícia Civil, sendo liderada pelo delegado Maurício Lauria. Buscas e apreensões foram realizadas em duas residências na cidade, resultando na prisão de um homem. O menor, que utilizava sua residência para armazenar o material, ainda não foi localizado.

A droga Purple Drink, também conhecida como Lean, Syrup, Sizzurp, Dirty Sprite, Texas tea e Bebida Roxa no Brasil, tem como objetivo simular os efeitos do álcool, como euforia e libertação, sem os efeitos colaterais do álcool. Se consumida em grandes quantidades, pode levar a efeitos adversos como alucinações, sensação de desequilíbrio e convulsões.

Durante a operação, além dos xaropes à base de codeína, foram apreendidos outros medicamentos, incluindo Ritalina, utilizado no tratamento do Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), e Alprazolam, conhecido pelos nomes comerciais Xanax, Apraz, Frontal, entre outros, que potencializam os efeitos do Purple Drink.

O caso permanece sob investigação da Polícia Civil de Ouro Preto, com o intuito de desvendar toda a extensão do esquema ilícito e identificar outros envolvidos. (Sou Notícias)

Estelionatária é presa em flagrante ao contrair empréstimos com documentos falsificados

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, na tarde dessa quarta-feira (22/11), uma mulher, de 38 anos, suspeita de aplicar golpes em instituições bancárias de Barbacena e São João del-Rei, região do Campo das Vertentes. A equipe de policiais civis foi acionada em uma
agência bancária no centro de Barbacena, após a gerência desconfiar da documentação apresentada pela investigada.
No local, durante a abordagem da PCMG, a suspeita apresentou documentos falsos aos policiais.Também foi apurado pela equipe que, no dia anterior (21/11), a investigada realizou um empréstimo no valor de R$ 250 mil em uma instituição bancária na cidade de São João del-Rei,
que tinha previsão de ser creditado em sua conta na tarde de ontem. Diante dos fatos, o banco foi informado e a concessão do empréstimo foi vetada.
A mulher foi presa em flagrante pelos crimes de estelionato e por apresentar documentos adulterados, sendo levada à Delegacia de Polícia Civil de Plantão, onde foi identificada a existência de um mandado de prisão anterior contra ela. A investigada foi encaminhada ao sistema prisional, ficando à disposição da Justiça.

Estelionatária é presa em flagrante ao contrair empréstimos com documentos falsificados

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, na tarde dessa quarta-feira (22/11), uma mulher, de 38 anos, suspeita de aplicar golpes em instituições bancárias de Barbacena e São João del-Rei, região do Campo das Vertentes. A equipe de policiais civis foi acionada em uma
agência bancária no centro de Barbacena, após a gerência desconfiar da documentação apresentada pela investigada.
No local, durante a abordagem da PCMG, a suspeita apresentou documentos falsos aos policiais.Também foi apurado pela equipe que, no dia anterior (21/11), a investigada realizou um empréstimo no valor de R$ 250 mil em uma instituição bancária na cidade de São João del-Rei,
que tinha previsão de ser creditado em sua conta na tarde de ontem. Diante dos fatos, o banco foi informado e a concessão do empréstimo foi vetada.
A mulher foi presa em flagrante pelos crimes de estelionato e por apresentar documentos adulterados, sendo levada à Delegacia de Polícia Civil de Plantão, onde foi identificada a existência de um mandado de prisão anterior contra ela. A investigada foi encaminhada ao sistema prisional, ficando à disposição da Justiça.

Investigado é preso pela PCMG em sítio; ele alegou que óleo extraído da planta cannabis seria usado em tratamento fo filho

Durante a ação, foram apreendidos dois potes contendo grande quantidade de maconha, uma balança de precisão, além de um vidro com óleo extraído da planta cannabis sativa. Em Antônio Carlos, no Campo das Vertentes, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu um homem, de 38 anos, pelo crime de tráfico de drogas. A prisão ocorreu durante cumprimento de mandado de busca e apreensão, na última quinta-feira (16/11), no sítio do investigado.
No curso dos trabalhos, policiais localizaram dois potes contendo grande quantidade de maconha, uma balança de precisão, além de um vidro com óleo extraído da planta cannabis sativa. Na ocasião, o suspeito alegou que o material seria utilizado no tratamento de saúde do filho.
O homem foi conduzido à Delegacia de Plantão em Barbacena, onde foi autuado em flagrante e, posteriormente, encaminhado ao sistema prisional.

Investigado é preso pela PCMG em sítio; ele alegou que óleo extraído da planta cannabis seria usado em tratamento fo filho

Durante a ação, foram apreendidos dois potes contendo grande quantidade de maconha, uma balança de precisão, além de um vidro com óleo extraído da planta cannabis sativa. Em Antônio Carlos, no Campo das Vertentes, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu um homem, de 38 anos, pelo crime de tráfico de drogas. A prisão ocorreu durante cumprimento de mandado de busca e apreensão, na última quinta-feira (16/11), no sítio do investigado.
No curso dos trabalhos, policiais localizaram dois potes contendo grande quantidade de maconha, uma balança de precisão, além de um vidro com óleo extraído da planta cannabis sativa. Na ocasião, o suspeito alegou que o material seria utilizado no tratamento de saúde do filho.
O homem foi conduzido à Delegacia de Plantão em Barbacena, onde foi autuado em flagrante e, posteriormente, encaminhado ao sistema prisional.

about

Be informed with the hottest news from all over the world! We monitor what is happenning every day and every minute. Read and enjoy our articles and news and explore this world with Powedris!

Instagram
© 2019 – Powedris. Made by Crocoblock.