26 de maio de 2024 06:41

Auxílio Brasil com valor de R$600 ficou próximo

De acordo com informações da imprensa, Governo Federal quase confirmou um Auxílio Brasil no valor de R$ 600

O Governo Federal bateu o martelo e decidiu que o valor mínimo do Auxílio Brasil vai ser de R$ 400. Essa é uma decisão que eles não pretendem mais mudar. Mas até pouco antes do anúncio, o Palácio do Planalto estava analisando a possibilidade de se fazer um anúncio para a casa dos R$ 600.

Alguns ministros do Presidente Jair Bolsonaro estavam argumentando que essa seria a única maneira de conseguir um aumento na popularidade neste momento. Eles chegaram até a citar um tuíte do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em que ele diz que quer dar um Auxílio de R$ 600 para tentar convencer Bolsonaro a fazer igual.

As informações são do jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo. De acordo com ele, o Presidente chegou a ficar balançado com essa proposta, mas acabou decidindo pagar um valor mínimo de R$ 400. Mas mesmo com essa decisão mais modesta, muita gente dentro do mercado não gostou desse aumento.

Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, o Governo Federal paga parcelas médias de R$ 189 para a população. Ainda segundo a pasta, algo em torno de 14 milhões de pessoas são beneficiárias do programa. O Palácio do Planalto quer subir todos esses patamares já a partir de novembro.

Ainda nesta segunda-feira (25), o Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), disse que o valor do Auxílio Brasil vai acabar quebrando um pouco o teto de gastos. Há cerca de dois meses, o mesmo Lira garantiu que não permitiria nenhum tipo de rachadura nesse limite orçamentário.

Lula

Também circula na imprensa a informação de que o ex-presidente Lula não quer criticar o projeto de Bolsonaro. De acordo com essas notícias, ele deu ordem para que os grandes nomes do PT não falem mal do texto em questão.

A avaliação de Lula é a de que boa parte dos eleitores não entende muito essa história de respeito ao teto de gastos. De acordo com ele, o PT precisa se posicionar a favor de qualquer aumento do Bolsa Família neste momento.

Essa ordem aparentemente já estaria surtindo algum efeito. Em entrevista para o jornal Folha de São Paulo na semana passada, a Presidente do partido, Gleisi Hoffmann, disse que o PT vai votar a favor do aumento do patamar do Bolsa Família proposto por Bolsonaro.

Auxílio Emergencial chega ao fim

Neste momento de muito debate sobre o valor do novo Bolsa Família, outro assunto está tirando o sono de muita gente. Trata-se do fim do Auxílio Emergencial. O programa está fazendo os seus últimos pagamentos exatamente nesta semana.

Com isso, estima-se que algo em torno de 25 milhões de pessoas que hoje recebem alguma ajuda do Governo poderiam ficar sem nada a partir do próximo mês de novembro. O próprio Ministro da Cidadania, João Roma, confirmou essa informação.

Em entrevista recente, ele chegou a dizer que o Governo Federal estava preparando algo para que essas pessoas não ficassem sem nada de uma hora para outra. Chegou-se a pensar que poderia ser a prorrogação do benefício. Mas ele próprio confirmou que isso não vai mais acontecer.

FONTE NOTICIAS CONCURSOS

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade