30 de maio de 2024 20:20

Auxílio Gás por 5 anos: novo texto é aprovado, veja quem pode receber

Na tarde desta quarta (27), a Câmara dos Deputados aprovou o Programa Gás para Brasileiros, popularmente conhecido como Auxílio Gás. O Projeto de Lei 1.374/2021, financiará gás de cozinha (GLP) para famílias de baixa renda, a proposta aguarda sanção presidencial.

A proposta sugere que os brasileiros recebam a cada dois meses 50% do valor do botijão de gás  de 13kg pelo período de 5 anos. O percentual foi elevado pelo relator no senado, Marcelo Castro.

Serão beneficiadas famílias com cadastro no CadÚnico, com renda até meio salário mínimo e dependentes de pessoas favorecidas pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC). Terão prioridades mulheres vítimas de violência doméstica com medida protetiva.

O relator do projeto na câmara, deputado Christino Aureo (PP-RJ), rejeitou a alteração dos senadores que retiraram a possibilidade de o programa ser bancado com recursos da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre o GLP.

Aureo rejeitou a mudança afirmando que “a Cide representa importante fonte de recursos para o custeio do auxílio Gás dos Brasileiros, para que o programa alcance o máximo possível de famílias em situação de vulnerabilidade social”.

De onde virão os recursos?

A proposta prevê que os recursos venham do Cide e das fontes citadas abaixo:

  • Dividendos pagos pela Petrobrás;
  • valor dos royalties de petróleo e gás natural, pertencentes à União;
  • lucro gerado pela venda de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos destinada à União;
  • bônus de assinatura das rodadas de licitação de blocos para a exploração e produção de petróleo e gás natural, ressalvadas as parcelas eventualmente destinadas à Empresa Brasileira de Administração de Petróleo e Gás Natural (PPSA) e aos estados, Distrito Federal e municípios;
  • Recursos distintos previstos no Orçamento da União. 

FONTE SEU CREDITO DIGITAL

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade