22 de junho de 2024 15:27

PIS, FGTS, auxílio e mais: Veja o dinheiro extra que você pode receber em 2022

Recursos podem ajudar nos gastos que podem surgir ainda este ano. Confira quais são esses benefícios e a quem eles se destinam

Com o aumento significativo nas despesas de começo de ano, principalmente com o IPTU e IPVA na lista de obrigatoriedades de muita gente, nada melhor que ter um dinheiro extra para aliviar os gastos.

Em 2022, diferentes benefícios podem ser liberados aos trabalhadores, alguns exemplos incluem a revisão do FGTS, PIS/Pasep 2022, auxílio emergencial retroativo para pais solteiros, além do saque-aniversário do FGTS.

Confira a seguir um resumo contendo as principais informações sobre cada benefício!

PIS/Pasep 2022

O dinheiro extra que promete cair na conta dos trabalhadores este ano já teve seu calendário divulgado. Os pagamentos começam no dia 8 de fevereiro e vão até 31 de março. O cronograma completo pode ser visto aqui. O valor máximo é de R$ 1.212.

Poderão sacar quem recebeu, em média, até dois salários mínimos por mês com carteira assinada e trabalhou por pelo menos 30 dias no ano-base 2020. Além disso, também é preciso estar cadastrado há pelo menos cinco anos no PIS/Pasep e estar com as informações atualizadas na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Saque-aniversário do FGTS

Outro que entra para a lista de benefícios que podem ser recebidos em 2022 é o saque-aniversário do FGTS. Quem participa recebe no mês de nascimento a chance de sacar uma parte do saldo acumulado do FGTS, com base em alíquotas que vão de 5% a 50%. Dependendo do caso, o trabalhador ainda recebe uma parcela adicional.

Vale lembrar que a adesão ao benefício bloqueia o recebimento do saque-rescisão, em que o trabalhador recebe integralmente o FGTS em caso de demissão sem justa causa, por exemplo. A adesão à modalidade de saque-aniversário pode ser feita pelo aplicativo ou site do FGTS.

Auxílio emergencial retroativo

O governo federal publicou a Medida Provisória (MP) 1.084 que libera R$ 4,1 bilhões ao Ministério da Cidadania para o repasse retroativo do auxílio emergencial. Terão direito aos repasses os pais solteiros que não receberam o auxílio emergencial em dobro em 2020 e 2021.

A parcela extra da ajuda pode chegar a R$ 6 mil, quando considerada a soma das 5 parcelas de R$ 1,2 mil. Até o momento não foram  divulgadas as datas exatas dos repasses, no entanto, eles acontecerão ainda em 2022.

Revisão do FGTS

A matéria, que ainda aguarda a batida de martelo do Supremo Tribunal Federal, pede a revisão das perdas de rendimento do saldo do FGTS. Isso porque a Taxa Referencial (TR), aplicada para corrigir o dinheiro depositado no fundo, não está acompanhando a inflação, gerando perdas aos trabalhadores.

Caso seja aprovada a revisão, qualquer trabalhador que tenha assinado a carteira a partir de 1999 receberá o dinheiro retroativo. Mas para isso, é necessário entrar como ação na Justiça desde já.

Em muitos casos, que dependem do salário e tempo de trabalho, os valores podem chegar a R$ 72 mil, o equivalente a 60 salários mínimos. Acesse a calculadora online para saber a estimativa da quantia a receber com a revisão.

FONTE EDITAL CONCURSOS

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade