26 de maio de 2024 14:10

Uma peça de história em suas mãos: o surpreendente valor da moeda de Getúlio

Conheça a fascinante história por trás da rara “moeda de Getúlio”, suas características únicas e como avaliar seu valor no mercado numismático.

Na ampla gama de moedas que conquistam o interesse dos colecionadores, a “moeda de Getúlio” destaca-se como uma peça rara e valiosa no cenário numismático brasileiro.

Cunhada em 1940, essa moeda não apenas homenageia o ex-presidente Getúlio Vargas, mas também carrega consigo uma história única e uma tiragem limitada de sete milhões de unidades.

Getúlio Vargas, líder da Revolução de 1930, deixou uma marca indelével na história brasileira. Sua contribuição para o país, como a criação da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e a modernização de diversos setores, é refletida nesta moeda que se tornou uma relíquia procurada por colecionadores.

Uma relíquia histórica: a jornada de Getúlio na Segunda Guerra Mundial

A “moeda de Getúlio” não é apenas um artefato numismático; é uma testemunha dos tempos tumultuados da Segunda Guerra Mundial. Emitida durante esse período crítico da história mundial, ela se torna ainda mais cobiçada por colecionadores interessados na narrativa militar.

Para os amantes da história militar, a “moeda de Getúlio” vai além de seu valor monetário. Sua conexão com a Segunda Guerra Mundial e o contexto político da época a transforma em uma peça altamente desejada.

Ao considerar seu valor de mercado, é essencial avaliar seu estado de conservação, categorizado como Muito Bem Conservada (MBC), Sem Oxidação Aparente (SOB) e Flor de Cunho (sem marcas visíveis de circulação).

A avaliação e valor atual da moeda de Getúlio

Em condições ideais, essa moeda pode valer entre R$ 8,00 e R$ 90,00. No entanto, seu valor vai além do aspecto financeiro, carregando consigo uma riqueza histórica que atrai colecionadores de diversas áreas.

Se você é detentor dessa relíquia e considera a possibilidade de vendê-la, atente-se ao estado de conservação. Para uma negociação segura, utilize plataformas confiáveis e esteja ciente das orientações da Sociedade Numismática Brasileira.

FONTE CAPITALIST

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade