24 de abril de 2024 20:05

3 homens são presos por extração ilegal de minério; crime que há anos assusta Ribeirão do Eixo

Em área de proteção, chamada de Paraíso da Águas, em Ribeirão do Eixo, três suspeitos foram presos ontem (28/2), pela Polícia Militar (PM). Eles responderão pelo crime de extração ilegal de minério de ferro. Os militares ainda apreenderam no local duas retroescavadeiras.

“As denúncias relatava movimentação de caminhões extraindo ilegalmente minério. Os militares, no local, conseguiram capturar três suspeitos. Eles estavam com vasilhames com vestígios de óleo diesel. As máquinas escavadeiras ainda estavam com os motores quentes. As marcas de pneus eram recentes. Havia muita movimentação de terra – retirada do local. A Polícia Militar de Meio Ambiente também foi acionada. Ela comprovou que além dos crimes ambientais, havia também infrações administrativas. Além das prisão e apreensões, foram lavradas autuações”, informou ao Radar Geral, o comandante da PM, tenente Veríssimo.

Terra revirada no local e marcas de pneus comprovam a atuação dos criminosos – Foto: PMMG

“Foram constados: crime ambiental (artigo 55 da Lei Federal 9.605), crime contra o patrimônio, na modalidade usurpação (artigo 2º da Lei Federal 8.176), bem como infração administrativa (artigo 112 do Código Estadual 47.383)”, informou a Polícia de Meio Ambiente.

Mais terra revirada – Foto: PMMG

Certo alívio

Essa ação policial traz certo alento ao povo de Ribeirão do Eixo. Contudo, as preocupações continuam. Isso porque os criminosos atuam em pontos diferentes da localidade, há anos, de tempos em tempos.

Moradores confirmaram ao Radar que na segunda (26), terça (27), além da quarta, Ribeirão do Eixo foi vítima desse tipo de crime no Paraíso da Águas.

No caso de ontem, quem tentou impedir foi ameaçado. Os autores não respeitaram portão, desacataram moradores e agiram na calada da noite. A população soube que a extração estava sendo praticada no local, que tem esse nome por ser área de mananciais que abastecem toda a localidade (com cerca de 300 famílias) – o que agrava a situação.

Muitos acreditam que o problema terá fim a partir dessas detenções. “Hoje a extração ilegal de minério é tão perigosa quanto o tráfico de drogas”, acredita um morador.

Mais uma imagem da máquina apreendida – Foto: PMMG

FONTE RADAR GERAL

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade