Crime da mala: preso o suspeito de esquartejar corpo de mulher

11
A Polícia Civil prendeu, na manhã deste sábado, o suspeito de ter assassinado,  esquartejado e colocado o corpo de uma mulher em uma mala, sacos plásticos e bolsas, nesta sexta feira, em BH.  Os objetos com os fragmentos do corpo foram deixados na Avenida senhor do Bonfim, no Bairro Canaã, no final da tarde de ontem.
O caso, apesar de ter acontecido em Belo Horizonte, está sendo investigado pela delegacia de Santa Luzia, cidade da região metropolitana de BH cujo Bairro Canaã faz divisa. O suspeito de feminicídio foi preso em flagrante, por policiais daquela unidade.
O homem preso, que seria parente da mulher, é proprietário de um automóvel Saveiro, o que tinha sido informado, ontem, por testemunhas, que contaram aos policiais que um carro desse modelo tinha parado, deixado a mala, sacos e bolsas e saído em seguida, sem fazer alarde, ou seja, em velocidade moderada.
Os policiais aguardam pela identificação da mulher, pelo Instituto Médico Legal (IML), para poder fazer a associação do homem com a vítima e, assim, denunciá-lo oficialmente.
Os policiais trabalham, também, para tentar identificar possíveis parentes da mulher. Eles esperam que algum parente possa registrar uma queixa de desaparecimento. Por isso, fazem um apelo para que qualquer pessoa que tenha um parente, mulher, desaparecida, principalmente na região onde aconteceu o crime, procure a polícia. (EM)