Piranga: após susto, exame descarta sarampo em criança e alivia os moradores; prefeitura diz que há vacinas disponíveis a população

10
Br
Brasil vive surto de sarampo

Um suposto caso de sarampo deixou em alerta as autoridades de saúde em Piranga e espalhou pânico aos moradores. Segundo informações, na quarta feira (27), deu entrada na Unidade Básica de Saúde Dr Sólon uma criança de 5 meses com sintomas característicos de sarampo, como tosse, coriza, febre e exantema.

Após atendimento, a médica entrou em contato com a Vigilância em Saúde do município que imediatamente tomou as providências cabíveis com isolamento da criança, vacinação de todas as pessoas que estavam na unidade e que não comprovaram vacinação contra o sarampo e realizado também o bloqueio de todos os contatos da criança. Após estas medidas e liberação de vaga, ela foi encaminhada para o CGP – Centro Geral de Pediatria em Belo Horizonte.

Ontem (30), veio o alívio, quando o departamento Municipal de Saúde de Piranga comunicou que a criança  recebeu hospitalar. “O diagnóstico laboratorial da amostra de sangue da criança teve como resultado “não reagente”, isto é, caso descartado para sarampo”, afirmou a nota divulgada.

Orientações e vacinas

O departamento de saúde informou que que a única proteção eficaz contra o sarampo é a vacinação, disponível em todas as unidades de saúde e que o cartão de vacinas deverá estar em dia

Surto

Boletim epidemiológico do Ministério da Saúde divulgado esta semana contabiliza 2.331 casos confirmados de sarampo no país nos últimos três meses