12 de abril de 2024 10:45

Eleições 2024: Capela Nova volta a ter três pré-candidatos a Prefeito

Durou pouco o número de quatro pré-candidaturas ao Executivo Municipal em Capela Nova. Após decidir concorrer ao Governo Municipal, Charles da Farmácia conseguiu um apoio importante e até então considerado improvável, o de seu primo e atual Prefeito, Adelmo Moreira, que indicará o Vereador Juvenal Gabriel para compor a chapa. Este esteve cotado tanto para vice de Charles da Farmácia, quanto do também Vereador e atual Presidente da Câmara, Pablo Bernardo, que retirou sua pré-candidatura em prol da união dos dois grupos que devem lançar as chapas majoritária e proporcional pelo PL.

Essa movimentação deixou em alerta os demais pré-candidatos, Dr. Manoel e Juninho do Mercado, sendo que em ambos os grupos, há quem defenda uma união dos dois pré-candidatos em uma única chapa visando polarizar a disputa com a chapa governista.

Apostando na experiência de quem já governou a cidade por dois mandatos e foi derrotado na última eleição por apenas 12 votos, alguns apoiadores do Dr. Manoel atuam para que Juninho do Mercado seja seu vice visando unir a oposição, com o intuito de levar a eleição para a polarização, não só entre os grupos políticos, como também entre as famílias Moreira e Barbosa. Caso não consiga trazer Juninho do Mercado para sua chapa, as outras opções para vice são o Vereador Cidinho e o médico veterinário Tiago Barbosa, que concorreu como companheiro de chapa de Dr. Manoel em 2020. Sua chapa majoritária será composta pelo seu partido, o MDB, além do PT e do PV que juntos com o PC do B, compõem a Federação Brasil da Esperança.

Já Juninho do Mercado, que vem atuando como candidato da terceira via, pode até aceitar uma união com o grupo do Dr. Manoel, mas entende que seu trabalho vem rendendo frutos e que sua pré-candidatura deve ser mantida. Embora haja a possibilidade do apoio de Dr. Manoel a sua pré-candidatura, onde o mesmo poderia indicar o vice, Juninho do Mercado vem estudando o nome ideal para compor sua chapa junto a seu grupo político, como também em conversas com lideranças e populares que vem aderindo a sua pré-candidatura. Sua chapa majoritária será composta pelo PSD e pelo PP, que pode vir a indicar o nome para compor sua chapa.

Os próximos seis meses serão de muita conversa e articulação entre os grupos políticos, até que em julho, as pré-candidaturas começam a se tornar candidaturas e começam a se preparar para o período eleitoral que se inicia em agosto. Até lá fica a dúvida se a eleição será polarizada ou terá uma terceira via. Certo mesmo é que não será disputada por quatro grupos políticos, pois dois deles já se uniram em um único grupo visando continuar à frente do Executivo Municipal.

Leia mais:

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade